Sebo bovino

Abates de bovinos, suínos e aves aumentaram no segundo trimestre


Valor Econômico - 15 ago 2019 - 09:38

O cenário positivo para as exportações brasileiras de carnes influenciou o aumento dos abates de bovinos, frangos e suínos no país no segundo trimestre, como apontaram dados divulgados ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Segundo o órgão, o abate de bovinos chegou a 8,1 milhões de cabeças no período, com aumentos de 2,4% em relação ao primeiro trimestre deste ano e de 4,1% na comparação com o intervalo entre abril e junho de 2018.

O abate de frangos, por sua vez, alcançou 1,4 bilhão de cabeças, 1,5% mais que entre janeiro e março e a quantidade foi 3,6% superior à registrada no segundo trimestre do ano passado.

No caso dos suínos, apontou a pesquisa do IBGE, foram 11,4 milhões de cabeças, com altas de 0,7% e 5,1%, respectivamente.

Sempre conforme o instituto, a aquisição de leite cru por parte dos estabelecimentos sob inspeção sanitária federal somou 5,86 bilhões de litros de abril a junho. Nesse caso houve queda de 5,4% ante o primeiro trimestre, mas incremento de 7,1% em relação ao segundo trimestre de 2018.

Bruno Villas Bôas – Valor Econômico