Girassol

Cresce o interesse pelo cultivo do girassol em Mato Grosso


G1 - 24 jun 2013 - 13:59

Na região de Campo Novo do Parecis, oeste de Mato Grosso, Walter Sgobi, gerente de uma fazenda espera uma produtividade 5% maior que no ano anterior. Ele quer alcançar uma média de 30 sacas por hectare. A plantação também foi ampliada, de 800 hectares para 900. “A tendência da fazenda e dos produtores da região é aumentar a área devido a capacidade que aumentou de esmagamento da firma onde a gente vende”, diz.

O cenário amarelo vibrante ficou para traz, 110 dias depois do plantio, os girassóis já não chamam mais a atenção pela cor. O disco floral chamado de capítulo fica caído, mas isso é normal porque é com a semente bem seca, que o ponto está ideal para ser comercializado.

O grão colhido vai direto para uma esmagadora instalada no próprio município. Nesta safra, a indústria pretende processar 23 mil hectares de sementes de girassol, 20% a mais que na colheita passada.

O óleo sai em estado bruto e é mandado para refinarias do Sul e Sudeste do país. Além dele, da matéria-prima também se produz um farelo vendido para confinamentos e fábricas de ração para bovinos.

O preço que a empresa paga é de R$ 55 a saca, valor considerado bom para quem produz.

Na propriedade onde Antônio Santos é gerente, a colheita é feita em 2,4 mil hectares, sendo 900 destinados para a produção de óleo e 1,5 mil para o comércio de alimentação de pássaros. “A gente beneficia aqui na fazenda e distribui para o Brasil inteiro”, diz.

Um vídeo produzido pelo Globo Rural sobre o assunto, pode ser acessado clicando aqui.

Tags: Girassol MT Video