Girassol

Girassol como alternativa para Semiárido


Embrapa Soja - 22 dez 2011 - 15:50 - Última atualização em: 27 fev 2012 - 12:17

A região do semiárido brasileiro tem na cultura do girassol uma alternativa viável de produção agrícola, já que as plantas de girassol possuem boa tolerância à seca e ao calor.

Por estas características, a Embrapa e a Petrobras irão transferir as tecnologias existentes sobre a cultura do girassol para a assistência técnica e para os produtores do norte de Minas e de alguns estados do Nordeste (Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Sergipe, Alagoas e Bahia). “Pretendemos disponibilizar conhecimentos inovadores, gerados continuamente pela pesquisa e validados regionalmente”, diz o pesquisador Sérgio Gonçalves.

Com foco na produção de girassol para a produção de biodiesel, o projeto será executado entre 2012 e 2014, com o envolvimento da Embrapa Soja, a Embrapa Algodão, a Embrapa Semi-Árido, a Embrapa Milho e Sorgo, a Embrapa Tabuleiros Costeiros, a Embrapa Meio Norte, entre outras instituições regionais. “Nossa estratégia será de capacitação da assistência técnica e de agricultores, em nível local, difundido informações sobre a toda a cadeia tecnológica do girassol e objetivando níveis aceitáveis de produtividade e preservação ambiental”, explica Gonçalves.

A área cultivada com girassol no Brasil é de aproximadamente 150 mil hectares. Apesar de inexpressiva, muitos conhecimentos de pesquisa têm sido gerados com o intuito de mudar essa realidade. Segundo o pesquisador, uma área aproximada de 35 mil hectares na Bahia, Sergipe e Minas Gerais, onde se encontram usinas de produção de biodiesel da Petrobras, já produzem girassol.

Tags: Girassol