Algodão

Avanço da colheita leva a queda no preço do caroço de algodão


Cenário MT - 01 ago 2014 - 15:28 - Última atualização em: 29 nov -1 - 20:53
CarocoAlgodao 010814
O avanço da colheita do algodão e, consequentemente, a maior disponibilidade do produtos colaboram com a pressão de baixa. Segundo levantamento da Scot Consultoria, no caso do caroço, a tonelada está cotada, em média, em R$ 710 em julho, em São Paulo, sem o frete. 

O menor valor encontrado foi R$ 650 por tonelada.

A queda foi de 0,9% em julho, na comparação com junho. Desde abril deste ano, o preço do alimento concentrado caiu 8,6% no estado. Em relação ao mesmo período do ano passado, o caroço está 2,1% mais barato. Em curto prazo não estão descartadas quedas de preços do insumo.

Em Mato Grosso, principal produtor de algodão, o preço do caroço caiu 8,3% em julho, frente ao mês anterior. A colheita do algodão no estado atingiu 11,9% da área plantada em 2013/2014.