Argentina

Produção de biodiesel da Argentina cresceu 330% em quatro anos


Rionegro.com - 23 out 2012 - 16:39 - Última atualização em: 29 nov -1 - 20:53
producao argentina_231012
A produção de biodiesel argentina vem mostrando uma capacidade de crescimento vigorosa com aumento superior a 330% em apenas quatro anos. Em 2008, a produção foi de 712 mil toneladas contra 2,4 milhões de toneladas em 2011. Embora os números de 2012 ainda não estejam fechados, ao que tudo indica, a performance também será positiva.

Até agosto houve um incremento de 19% sobre o mesmo período do ano passado. Foram fabricados 1,85 milhões de toneladas durante os primeiros oito meses do ano.

Atualmente a Argentina é o terceiro maior produtor mundial de biodiesel e o maior exportador do produto.

O consumo interno vem apresentando franco crescimento desde 2010, ano em que o biocombustível passou a ser misturado do diesel de petróleo. Até o final de agosto foram consumidas 595,5 mil toneladas de biodiesel – um aumento de 18,3% sobre o ano anterior. O mercado interno tem crescido em importância para a indústria do país vizinho.

No mercado internacional, o biodiesel argentino aumentou suas vendas de US$ 135,3 milhões em 2007 para pouco menos de US$ 2,1 bilhões no ano passado. Em 2012, o valor está em US$ 1,4 bilhão – um aumento de 10,7% em relação ao último período.

Quase 92% das exportações argentinas tiveram a União Europeia como destino, sendo que a Espanha se manteve como o maior comprador individual – apesar das rusgas comercais desde a nacionalização da YPF, as importações espanholas cresceram 9,8%. Há poucos dias o governo espanhol recuou em relação às barreiras comerciais que havia estabelecido em abril passado o que abre boas perspectivas para as vendas argentinas.

A Holanda e o Peru foram, respectivamente, o segundo e terceiro maiores importadores.

Tradução e adaptação BiodieselBR.com