Em Foco

Vale investe em biodiesel para consumo próprio


Assessoria Vale - 23 jun 2009 - 15:31 - Última atualização em: 09 nov 2011 - 19:09

A Vale anuncia projeto para produção de biodiesel para abastecer suas operações e projetos na região Norte do Brasil, a partir de 2014, utilizando óleo de palma como matéria-prima, que será produzida pelo consórcio entre Vale e Biopalma da Amazônia S.A. (Biopalma).
 
A participação da Vale no consórcio que tem como meta produção anual de 500 mil toneladas de óleo de palma é de 41%. A parcela da Vale na produção de óleo de palma será empregada para abastecer a usina de biodiesel de sua propriedade, a qual terá capacidade estimada em 160 mil toneladas de biodiesel por ano.
 
O investimento total da Vale na participação no consórcio e na implantação da usina de biodiesel será de US$ 305 milhões, dos quais US$ 40 milhões serão desembolsados em 2009, dispêndio constante do orçamento de investimentos para 2009 anteriormente divulgado.
 
Nossa produção de biodiesel será destinada a auto-consumo, previsto no uso do combustível B20 (20% de biodiesel e 80% de diesel comum) para abastecer nossa frota de locomotivas da Estrada de Ferro Carajás e máquinas e equipamentos de grande porte das minas de Carajás, no estado do Pará. Com esta iniciativa, a Vale se antecipará à regulamentação que prevê o uso de B20 em 2020.
 
Este projeto está em linha com a estratégia da Vale de diversificação e otimização de sua matriz energética através da maior utilização de carvão térmico, combustíveis renováveis e gás natural.

Tags: Vale