Em Foco

Lucro da ADM no 3º tri sobe 37% por forte crescimento das vendas


Agência Estado - 03 mai 2011 - 09:28 - Última atualização em: 09 nov 2011 - 19:16

O lucro da Archer Daniels Midland Co. (ADM) subiu 37% no terceiro trimestre fiscal devido ao forte crescimento de seus negócios de processamento de oleaginosa e milho, informou nesta terça-feira, 3, a gigante de grãos.

A processadora e negociante, que foi pega de surpresa no verão passado por uma proibição à exportação de grãos da Rússia, começou a se beneficiar do aperto na oferta global e das altas dos preços no final de 2010. Em março a empresa revelou planos para elevar sua capacidade de armazenamento de grãos em meio à crescente produção, taxas de juros baixas e um aumento no números de plantas que produzem álcool à base de milho.

Ao mesmo tempo, a demanda dos Estados Unidos por xarope de milho subiu no final do ano passado pela primeira vez em cinco anos em meio à alta dos preços do açúcar.

Para o trimestre encerrado em 31 de março, a ADM reportou um lucro de US$ 578 milhões, ou 86 centavos por ação, contra US$ 421 milhões, ou 65 centavos por ação, um ano antes. A receita subiu 33%, para US$ 20,08 bilhões. A margem bruta caiu para 5,8%, ante 5,9% anteriormente.

O lucro na divisão de serviços agrícolas da ADM, seu principal segmento em relação a ganhos e responsável pelo manejo e transporte de grãos das fazendas para o mercado, subiu 3,6%.

Na unidade de processamento de oleaginosas, o lucro avançou 26% devido ao forte crescimento nos negócios de esmagamento e originação e biodiesel. Entretanto, o volume de processamento de oleaginosas caiu 0,7%. O lucro da unidade de processamento de milho quase dobrou com uma alta de 13% no volume. As informações são da Dow Jones.

Camila Moreira