Em Foco

Brasil Ecodiesel poderá faturar R$ 1,6 bilhão com Vanguarda


Valor Online - 26 abr 2011 - 06:25 - Última atualização em: 09 nov 2011 - 19:16

A Brasil Ecodiesel poderá alcançar um faturamento de aproximadamente R$ 1,6 bilhão caso confirme a incorporação da Vanguarda, um negócio que ainda está sendo analisado pela produtora de biodiesel.

A estimativa leva em conta as projeções para este ano ao faturamento da Brasil Ecodiesel (R$ 952 milhões) e da Vanguarda (R$ 740 milhões). O número já inclui a previsão de R$ 560 milhões em faturamento com a venda de biodiesel, conforme esclareceu hoje a Brasil Ecodiesel.

A receita supera em mais de três vezes o faturamento bruto de R$ 465 milhões apurado pela Brasil Ecodiesel em 2010, um exercício que inclui apenas sete dias de operações da Maeda, que foi incorporada em 23 de dezembro. Para 2011, espera-se que a Maeda contribua ao faturamento da Brasil Ecodiesel em R$ 298 milhões.

Juntas, as duas empresas terão cerca de R$ 221 milhões em geração de caixa medida pelo Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização), conforme documento da Brasil Ecodiesel com números aproximados sobre o negócio. A conta considera os R$ 50 milhões previstos para o resultado da Brasil Ecodiesel neste ano com R$ 170 milhões já registrados em 2010 pela Vanguarda.

Se confirmada, a associação entre Brasil Ecodiesel e Vanguarda criará o maior grupo agrícola do país. A proposta de incorporação das ações da Vanguarda - um negócio de R$ 1,2 bilhão - foi anunciada no dia 18 deste mês.

Eduardo Laguna