Miguel Angelo

Brasil Ecodiesel não produzirá o biodiesel vendido nos leilões


BiodieselBR.com - 25 jul 2007 - 16:37 - Última atualização em: 07 mar 2012 - 18:51

Os números da produção de biodiesel em maio no Brasil confirmam o que já se suspeitava: a Brasil Ecodiesel não conseguirá produzir todo o biodiesel que vendeu nos leilões para a Petrobras.

A Brasil Ecodiesel se comprometeu nos leilões de biodiesel a entregar 496 milhões de litros. A empresa informou em seu balanço trimestral ter entregue até março de 2007 a quantia de 57,4 milhões de litros, restando entregar 438,6 milhões de litros até o fim de 2007. Esse montante de biodiesel deverá ser produzido entre os meses de abril a dezembro. O problema é que mesmo que todas as usinas da Brasil Ecodiesel produzam com 100% de sua capacidade nesses meses faltarão 57,177 milhões de litros para entregar à Petrobras.

Vai faltar biodiesel

Biodiesel entregue e não entregue pela Brasil EcodieselPara saber se a Brasil Ecodiesel será capaz de entregar todo o biodiesel que se comprometeu, foi preciso fazer algumas contas e projeções de produção. Esses números utilizados correspondem a capacidade máxima de produção de cada usina, mesmo que essa capacidade nunca tenha sido usada e sua utilização seja improvável. A capacidade de produção de cada usina usada em nossos cálculos foi fornecida pela Brasil Ecodiesel, através de seu site na internet e os volumes já produzidos foram fornecidos pela ANP através dos dados estatísticos mensais.

Hoje a Brasil Ecodiesel tem cinco usinas de biodiesel inauguradas (Floriano - PI, Crateús - CE, Iraquara - BA, Porto Nacional - TO e Rosário do Sul - RS) sendo que somente 3 delas (Floriano, Crateús e Iraquara) informaram alguma produção a ANP. A usina de Porto Nacional apesar de ter sido inaugurada dia 18 de maio ainda não informou nenhuma produção a ANP, assim como a usina de Rosário do Sul, inaugurada dia 6 de julho. A Brasil Ecodiesel ainda espera inaugurar mais duas usinas até o final do ano, a de Itaqui – MA em julho e a de Dourados – MS em novembro.

Em um cenário extremamente otimista, que leva em consideração a produção plena de usinas que nunca produziram biodiesel, ou que sempre produziram muito abaixo de sua capacidade máxima, a Brasil Ecodiesel não conseguirá atingir o montante necessário para cumprir seus contratos firmados nos leilões de biodiesel. Somada as projeções de produção de todas as usinas, a Brasil Ecodiesel produzirá 361,7 milhões de litros entre os meses de junho e dezembro de 2007. À esses números deve ser acrescido o que fora produzido em abril e maio (19,723 milhões de litros), o que totaliza 381,423 milhões de litros. Segundo o relatório do 1º trimestre da Brasil Ecodiesel, o volume de biodiesel que resta ser entregue a Petrobras é de 438,6 milhões de litros, que diminuídos do total máximo que poderá ser produzido pela empresa, visualiza-se um déficit de 57,177 milhões de litros. 

Em um cenário extremamente otimista, a Brasil Ecodiesel não conseguirá atingir o montante necessário para cumprir seus contratos



Essa capacidade de produção projetada é uma estimativa altíssima, pois dificilmente as usinas que estão produzindo a menos de 50% de sua capacidade passarão a produzir a 100% por todo o ano de 2007. O mesmo vale para as usinas recém-inauguradas e que serão inauguradas, nenhuma delas deve começar com força total nos primeiros meses. Com isso é muito provável que a quantidade de biodiesel que não será entregue fique acima dos 100 milhões de litros. 

Conseqüências

Como maior empresa de biodiesel do Brasil e também a única a ter suas ações na bolsa de valores, a Brasil Ecodiesel é a uma das garotas propaganda do Governo Federal e o descumprimento ou adiamento da entrega de biodiesel à Petrobras pode trazer à tona alguns problemas.

{sidebar id=4} Hoje no Brasil e no mundo a produção de biodiesel passa por um momento delicado. Centenas de projetos de usinas de biodiesel foram baseados nos óleos vegetais disponíveis em grandes quantias, como o de soja, palma e colza. A imensa demanda criada por esse mercado de energia jogou o preço desses óleos para o alto e agora produzir biodiesel com lucro passou a ser uma tarefa difícil.

A baixa produção de biodiesel da Brasil Ecodiesel mostra essa dificuldade. Hoje a tonelada de óleo de soja é cotada a R$ 1700,00 o que permite fazer mil litros de biodiesel. Com isso, o litro do biodiesel custaria R$ 1,70 só com a matéria-prima, devendo ser acrescido todo o custo de transformação desse óleo, os custos administrativos e o lucro. A Brasil Ecodiesel vendeu a grande maioria do seu biodiesel no 4º leilão da ANP, que teve um preço médio de R$ 1,74. Com a principal matéria-prima a esse preço é realmente árdua a tarefa de fazer biodiesel e vender a R$ 1,74.

Apesar do preço de venda do biodiesel estar limitando o lucro, é muito difícil que em uma repactuação do prazo de entrega com a Petrobras, o preço do biodiesel seja reajustado. Como o preço dos óleos não tende a diminuir e sim aumentar, ficará cada vez mais difícil obter lucro com a venda do biodiesel ao preço contratado.

O que a Brasil Ecodiesel diz
A assessoria de imprensa da Brasil Ecodiesel, quando questionada sobre a baixa produção no decorrer de 2007 e na incapacidade de produzir todo o biodiesel vendido nos leilões, informou que “as unidades de transesterificação já operaram nos limites de sua capacidade nominal” e que “dificuldades de retirada de produto (por parte da Petrobras e da REFAP) levaram-nos a repactuar com a Petrobrás o cronograma de entrega de biodiesel ao longo de 2007 incluindo os volumes não retirados em 2006.”

Essa repactuação com a Petrobras fora feito antes da divulgação dos resultados trimestrais da Brasil Ecodiesel, em maio, e postergou a entrega de todo o biodiesel para até 31 de dezembro de 2007.

A Assessoria de Imprensa insistiu que os contratos serão cumpridos até o final de 2007. Questionada sobre o fato de não haver capacidade produtiva para cumprir os contratos, a assessoria insistiu que os contratos serão cumpridos, mesmo sem esclarecer como.

BR Distribuidora
A BR Distribuidora informou através de sua assessoria que as retiradas de biodiesel das usinas estão normais, não havendo nenhum atraso. Sobre a possibilidade de repactuar a entrega do biodiesel da Brasil Ecodiesel, a assessoria informou que ainda é cedo para que seja feita qualquer tipo de revisão dos contratos.

Produção da Brasil Ecodiesel e o que foi vendido de biodiesel

Fazendo as contas

As três usinas que já produziram biodiesel (Floriano, Crateús e Iraquara) têm capacidade para produzir 24,8 milhões de litros por mês. Essa é a quantidade máxima que essas 3 usinas podem produzir utilizando sua capacidade máxima durante todo o mês. Levando em conta que a produção do mês de junho ainda não fora informada pela ANP e que é teoricamente possível que a Brasil Ecodiesel tenha produzido em capacidade máxima nesse mês, é necessário considerar a produção máxima das usinas a partir de junho. Desse modo a Brasil Ecodiesel poderia produzir com essas três usinas nos sete meses restantes a quantia de 173,6 milhões de litros.

A usina de Porto Nacional também poderia, na teoria, produzir biodiesel na capacidade máxima a partir do mês de junho, o que adicionaria 69,3 milhões de litros a produção anual da Brasil Ecodiesel.  A Usina de Rosário do Sul tem o mesmo porte da usina de Porto Nacional, contudo só será considerado a produção máxima dela a partir do mês de julho, já que a usina foi inaugurada no dia 6 desse mês. Com isso a produção de Rosário do Sul seria de 59,4 milhões de litros.

A usina de Itaqui - MA que está programada para ser inaugurada em julho, ainda não tem data marcada para inauguração. Por esse motivo será calculada a produção da usina a partir do mês de agosto. Nesses cinco meses a usina de Itaqui poderá produzir 49,5 milhões de litros, 9,9 milhões por mês. Resta ainda a usina de Dourados – MS, que segundo as projeções da Brasil Ecodiesel será inaugurada em novembro de 2007, contudo não existem informações de que a construção da usina já foi iniciada. De qualquer modo, no cenário mais otimista a usina de Dourados iniciaria sua produção com plena capacidade no mês de dezembro, com uma produção de 9,9 milhões de litros.

Somando os 173,6 milhões de litros das usinas de Floriano, Iraquara e Crateús(35, 69,3 e 69,3 milhões de litros respectivamente) com os 69,3 milhões de litros da usina de Porto Nacional, os 59,4 milhões de litros de Rosário do Sul, os 49,5 milhões de litros de Itaqui e os 9,9 milhões de litros de Dourados temos o total de 361,7 milhões de litros.

Esses 361,7 milhões de litros são o máximo que a Brasil Ecodiesel poderá produzir nos meses que restam. Contudo esse valor será menor a cada divulgação da produção de biodiesel feita pela ANP.

BiodieselBR.com