PUBLICIDADE
cremer cremer
Negócio

Preço do petróleo se aproxima de mínima de 6 meses com estoques dos EUA e anúncio da Opep+


Reuters - 04 ago 2022 - 09:34

Os preços do petróleo caíram cerca de 4% nesta quarta-feira, para mínimas de quase seis meses, depois que dados dos EUA mostraram que os estoques de petróleo e gasolina aumentaram inesperadamente na semana passada e a Opep+ disse que aumentaria a sua meta de produção de petróleo em 100 mil barris por dia (bpd).

Os futuros do petróleo Brent caíram 3,76 dólares, ou 3,7%, a 96,78 dólares por barril. Esse foi o menor patamar desde 21 de fevereiro.

Os contratos futuros de petróleo bruto WTI, dos EUA, caíram 3,76 dólares, ou 4%, para 90,66 dólares, a menor liquidação desde 10 de fevereiro.

Ambos os contratos oscilaram durante a sessão.

O prêmio para os futuros do Brent de primeiro vencimento sobre o carregamento de barris no prazo de seis meses está na mínima de três meses, indicando uma preocupação cada vez menor com a oferta apertada. O mesmo prêmio para os futuros de WTI se aproximou de uma baixa de quatro meses.

Os estoques de petróleo bruto dos EUA subiram inesperadamente na semana passada, com as exportações caindo e as refinarias diminuindo os trabalhos, enquanto os estoques de gasolina também registraram um aumento surpreendente com a desaceleração da demanda, disse a Administração de Informações de Energia do país.

Os estoques de petróleo bruto subiram 4,5 milhões de barris na semana passada, em comparação com uma previsão de analistas para um empate de 600 mil barris. Os estoques de gasolina subiram 200 mil barris, contra as expectativas de uma queda de 1,6 milhão de barris.

"O número do petróleo bruto está bem acima das expectativas. A gasolina é uma decepção. Você nunca deve ver um aumento na gasolina durante o verão. É um relatório muito pessimista", disse Bob Yawger, diretor de futuros de energia da Mizuho.

Arathy Somasekhar – Reuters