PUBLICIDADE
Diesel renovável

Amyris conclui aporte privado de US$ 42,25 milhões


Valor Econômico - 02 jan 2013 - 10:27 - Última atualização em: 29 nov -1 - 20:53
aporte Amyris_020113
A Amyris, companhia americana de biotecnologia, anunciou hoje que concluiu um aporte privado de US$ 42,25 milhões de dólares de suas ações ordinárias.

A companhia também deu início recentemente às operações de sua fábrica de produção de farneseno a partir da cana-de-açúcar, matéria-prima renovável que será utilizada para a produção de especialidades químicas e combustíveis, sobretudo. Entre outros usos, o farneseno pode ser utilizado como uma alternativa renovável ao óleo diesel.

A empresa tem acordo com a usina Paraíso Bioenergia para produzir farneseno em Brotas, interior paulista, onde a companhia está instalada.

Na operação financeira, a companhia informou que vendeu 14.177.848 ações ordinárias para acionistas da própria Amyris.A transação incluiu US$ 37,25 milhões em recursos em caixa e da conversão pela divisão de gás da petroleira americana Total, de US$ 5 milhões em notas promissórias conversíveis sem garantias.

Criada em 2003, com sede na Califórnia, a Amyris detém tecnologia própria de produção de farneseno “verde”, um componente químico (hidrocarboneto), a partir da fermentação do caldo de cana com leveduras. O produto é utilizado como matéria-prima para produção de lubrificantes, diesel e biodiesel, cosméticos, detergentes e combustíveis de avião. O objetivo é substituir derivados de petróleo.

Mônica Scaramuzzo – Valor Econômico
Com adaptações BiodieselBR.com