Bio

Concorrente da Agropalma amplia produção no Pará


BiodieselBR.com - 21 jul 2011 - 07:05 - Última atualização em: 09 nov 2011 - 19:17

A Mejer Agroflorestal, instalada há dez anos no município de Bonito, no nordeste do Pará, pretende incrementar em 25 mil toneladas, este ano, a produção de óleo de palma. Também deve produzir 30 toneladas de cachos, por hectare, por meio do plantio direto, com sementes originadas da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). A fábrica foi visitada no fim de semana pelo secretário de Estado de Agricultura, Hildegardo Nunes.

A indústria produziu ano passado 20 mil toneladas de dendê, numa área de cinco mil hectares plantados. A produção atual é de 70 toneladas de óleo bruto e refinado, que são exportadas para São Paulo, Minas Gerais e Ceará e também abastecem o mercado paraense. Além disso, a Mejer Agroflorestal gera 800 empregos diretos e mais 400 indiretos na época da colheita, absorvendo mão-de-obra local. É a única indústria processadora de dendê 100% paraense e com capital próprio.

A empresa iniciou suas atividades com o plantio em 2001 e, em 2006, construiu a indústria. Hoje, a Mejer – pertencente ao Grupo Kabaczniv – produz 1/3 da produção de sua principal concorrente, a Agropalma. “A fábrica vem fazendo uma revolução na cultura do dendê no Pará”, avalia Hildegardo Nunes, que verificou o sistema de plantio diferenciado feito pela empresa.

“Adensamos e modificamos a idade. A muda vai diretamente do pré-viveiro para o campo. Eliminamos a fase do viveiro e com isso estamos ganhando de oito meses a um ano no período da produção. Eliminamos as pragas e fazemos a topografia do terreno, entre outras providências, para evitar perdas”, relatou o sócio da empresa Yossef Kabaczniv.

As sementes são oriundas da Costa Rica, mas a partir do ano que vem devem ser importadas também do Equador e diretamente na Embrapa, para evitar a concentração da produção. Segundo Yossef Kabaczniv, diversificar a origem da semente melhora a produção. “No primeiro semestre deste ano, já conseguimos 30% da produção anual”, informa o sócio.

“Hoje o dendê é a principal cultura e o produto de maior destaque produzido no Pará, seguido pelo cacau. Desejo retomar o projeto da produção da agricultura familiar ser beneficiada pela Mejer Agroflorestal. Nos quatro primeiros anos, o dendê será plantado em consórcio com culturas alimentares como a mandioca, o milho e a banana”, reiterou o secretário de Agricultura.

Mejer Dendê

Fonte: Ascom Sagri

Tags: Dende