Bio

Cepal publica estudos sobre biocombustíveis


BiodieselBR.com - 20 mai 2011 - 06:14 - Última atualização em: 09 nov 2011 - 19:16

No final de março, a Comissão Econômica para América Latina e Caribe (Cepal) realizou no seu escritório de Santiago do Chile o seminário “Diálogo de Políticas sobre desarrollo institucional e innovación em biocombustibles en América Latina y el Caribe” que debateu os avanços na área de combustíveis renováveis na região. Para fundamentar os debates, a entidade aproveitou a oportunidade e publicou uma série de três estudos a respeito sobre a situação da pesquisa e do desenvolvimento econômico dos biocombustíveis para a América Latina e Caribe.

Coordenado pelo professor associado da Faculdade de Administração da Universidade dos Andes, Juan Benavides, o documento “Políticas y Capacidades de Investigación y Desarrollo e Innovación (I&D+I) para el Desarrollo de Biocombustibles en América Latina y el Caribe” propõe a criação de redes regionais dedicadas à pesquisa de biocombustíveis de primeira e segunda gerações.

Tais redes seriam desenhadas com base no princípio de “código aberto” que têm sido adotados por diversos projetos internacionais de desenvolvimento de software (os sistemas operacionais Linux e o browser de internet Firefox é o exemplo mais bem-sucedido do gênero). Segundo o estudo da Cepal, “o trabalho em redes pode resolver o problema da falta generalizada de capacidades e a escassez de pesquisadores e tradição científica na região e aproveita as capacidades dos países líderes e dos centros de pesquisa internacionais”.

Os pesquisadores destacam que a estratégia permitiria que a região acumulasse a massa crítica necessária para entrar na corrida tecnológica que já se anuncia, por exemplo, no campo de biodiesel produzido a partir de microalgas e de outras fontes alternativas às cultivares agrícolas tradicionalmente usadas para essa finalidade como a soja, a canola ou a palma de óleo.

Já o documento “Estudio Regional sobre Economía de los Biocombustibles 2010: temas clave para los países de América Latina y el Caribe” foi elaborado pela equipe da Unidade de Desenvolvimento Agrícola da própria Cepal e tenta apontar as maiores oportunidades e riscos que o nascente mercado de biocombustíveis abre para os países latino-americanos e caribenhos. O estudo delineia as principais tendências e arrisca projeções para o futuro desse mercado alinhavando-as com uma série de recomendações para os governos da região.

Trabalhos completos

Políticas y Capacidades de Investigación y Desarrollo e Innovación (I&D+I) para el Desarrollo de Biocombustibles en América Latina y el Caribe (PDF em espanhol)

Estudio Regional sobre Economía de los Biocombustibles 2010: temas clave para los países de América Latina y el Caribe (PDF em espanhol)

Notícia publicada por BiodieselBR sobre o primeiro dos três estudos aqui.

Fábio Rodrigues - BiodieselBR.com