Cooperativas

Ceará quer fortalecer participação da agricultura familiar no biodiesel


Assessoria SDA - 01 nov 2012 - 09:34 - Última atualização em: 29 nov -1 - 20:53
ceara visita_embrapa_011112
Na semana passada uma equipe de técnicos da Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA) do Governo do Ceará realizou uma série de visitas técnicas em áreas de pesquisa da Embrapa Algodão para conhecer experiências de cultivo de oleaginosas para a agricultura familiar. As visitias foram realizadas no período entre 22 a 26 de outubro em áreas localizadas nos municípios de Barbalha (CE), Lagoa seca (PB), e Apodi (RN).

Na ocasião também foram discutidos melhoramento do Programa de Biodiesel cearense para o ano que vem e tratados detalhes para a próxima edição do Congresso Brasileiro de Mamona – um dos mais importantes eventos a debater a produção de matérias-primas alternativas para a indústria do biodiesel – que está programada para acontecer no Ceará.

Os técnicos visitaram áreas cultivadas com algodão, gergelim, amendoim e mamona e visitaram áreas onde são desenvolvidas práticas de conservação do solo com a construção de terraços e plantio em curvas de nível.

De acordo com o assessor do programa estadual de biodiesel, Carlos Alberto Farias, a Embrapa Algodão está formalizando convênio com os estados da Bahia e Ceará para implantação de Unidades de Teste de Demonstração (UTDs). Serão beneficiados os municípios cearenses de Quixadá, Tauá, Itatira, Canindé, Pedra Branca, Boa Viagem, Independência e Monsenhor Tabosa.

A SDA vai solicitar cursos de capacitação à Embrapa Algodão. “Serão beneficiados agricultores familiares que cultivam gergelim, amendoim e algodão”, informou Farias.

Adaptação BiodieselBR.com