028

É preciso olhar o excesso de oferta com mais cuidado


Edição de Abr / Mai 2012 - 19 abr 2012 - 16:58 - Última atualização em: 24 abr 2012 - 16:38
Há excesso de oferta no mercado de biodiesel, mas desde que o mercado foi regionalizado é preciso olhar a questão com mais cuidado

Por Fábio Rodrigues, de São Paulo

A capacidade instalada da indústria brasileira de biodiesel supera com larga vantagem a demanda da mistura obrigatória. As usinas autorizadas pela ANP somam 6,9 bilhões de litros em capacidade anual, quase 260% a mais do que a demanda do ano passado, de 2,66 bilhões de litros. Este, contudo, é o número para o país inteiro. Desde agosto passado os leilões de biodiesel foram regionalizados, o que exige uma olhada mais cuidadosa nos números.

Das cinco regiões geográficas brasileiras, apenas a Norte não tem capacidade instalada necessária para fazer frente à sua demanda. Dividindo a conta pelos 27 estados da federação, 14 possuem usinas, sendo 11 autossuficientes e três importadores de biodiesel; os outros 13 estados não possuem usinas.

O Centro-Oeste tem a relação entre oferta e demanda mais desbalanceada do país. Os três estados e o distrito federal abrigam 30 usinas, com capacidade total de cerca de 2,9 bilhões de litros frente a uma demanda anual de 303 milhões de litros. Boa parte dessa capacidade está em Mato Grosso, que tem quase 1,5 bilhão de litros instalados, superando em mais de 1.000% a demanda estadual.