BASF
025

ADM: maior usina do Brasil


Edição de Out / Nov de 2011 - 15 out 2011 - 11:57 - Última atualização em: 25 jan 2012 - 17:37
ADM amplia fábrica e pode produzir quase meio bilhão de litros por ano

Fábio Rodrigues, de São Paulo

No dia 29 de julho, a usina da ADM localizada no município de Rondonópolis (MT) assumiu oficialmente o posto de maior usina de biodiesel em operação no Brasil.

Com a autorização de operação emitida pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), a unidade pertencente à companhia norte-americana está autorizada a produzir até 486,7 milhões de litros de biodiesel por ano. Isso deixou para trás a usina da Oleoplan em Veranópolis (RS), ex-líder do setor, que tem capacidade para 378 milhões de litros.

Com esta ampliação a empresa poderia vender sozinha quase 14% da demanda obrigatória brasileira. Contudo, como a usina teve o Selo Combustível Social suspenso pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário em fevereiro passado, seu mercado foi restringido e ela enfrenta uma disputa dura nos leilões.

A presença ameaçadora da gigante nos lotes sem selo foi uma das causas mais citadas para justificar a forte queda nos preços do biodiesel nos lotes sem selo do último certame.

Além da ampliação da fábrica mato-grossense, a ADM também está investindo na construção de uma segunda usina de biodiesel em Joaçaba (SC), que deverá ficar pronta até o final de 2012. A capacidade dessa nova unidade vai ser de 183,6 milhões de litros. Somadas, as duas unidades da ADM reunirão uma capacidade produtiva de 670,3 milhões de litros de biodiesel por ano, 10,8% de toda a capacidade produtiva autorizada pela ANP no Brasil. Isso coloca a empresa na liderança isolada do segmento.