PUBLICIDADE
Insumo

Fábrica de metilato da Dupont/JBS deve ser fechada


BiodieselBR.com - 08 nov 2011 - 06:30 - Última atualização em: 29 fev 2012 - 12:26

Desde junho começaram a circular no mercado informações de que a fábrica de metilato de sódio do município paulista de Pirapozinho (a 580 km da capital do Estado) estaria com os dias contados. A unidade é um dos negócios que Grupo JBS acabou adquirindo em função da compra da Bertin em setembro de 2009 e com os quais ele não sabia direito o que fazer. Pois agora, a direção da empresa parece ter batido o martelo de uma vez por todas: a fábrica será fechada.

Essa informação foi repassada à BiodieselBR por uma fonte próxima às negociações.  A decisão teria sido tomada pela direção da JBS durante uma reunião em 03 de outubro.

O processo de decisão se arrastou por vários meses porque a empresa estava em negociações com a DuPont do Brasil para decidir o destino da unidade. Embora a operação da planta fosse de responsabilidade da JBS, a comercialização do produto – que é usado como catalisador no processo de fabricação do biodiesel – era feita com exclusividade pela DuPont do Brasil. As duas empresas haviam firmado um contrato de exclusividade nesse sentido.

Uma reportagem publicada por BiodieselBR no dia 12 de julho confirmou que as lideranças das duas empresas estavam conversando sobre o destino da unidade, mas ainda não havia nenhuma solução definitiva em vista. Naquela ocasião, o executivo da DuPont, Pedro Jorge, tranqüilizou os clientes da empresa garantindo que todos os compromissos assumidos pela empresa seriam integralmente cumpridos e que a companhia possuía fábricas de metilato em outros países que poderiam abastecer o mercado brasileiro na eventualidade do fechamento do site de Pirapozinho.

A DuPont não confirma a decisão da parceira de fechar a fábrica. Segundo o gerente de negócios para soluções químicas para a América Latina, Marcelo Santos Dias, a posição oficial da empresa não mudou em nada desde julho. Segundo ele, as duas companhias ainda estariam conversando e a planta deve permanecer operando normalmente até que uma decisão tenha sido tomada.

Apesar das insistentes solicitações, a JBS não deu retorno aos pedidos dessa reportagem para que a empresa desse sua posição oficial dos fatos.

Fábio Rodrigues - BiodieselBR.com

Tags: Metilato