PUBLICIDADE
cremer
Informações

MT pode ganhar sua 18ª usina de biodiesel


BiodieselBR.com - 19 jan 2023 - 10:53

Temos uma nova usina de biodiesel a caminho do mercado nacional. Na atualização mais recente que fez em sua relação de unidades produtoras de biocombustíveis em processo de construção ou de ampliação, a ANP incluiu os dados sobre a Bio Oeste que está sendo construída em Várzea Grande – cidade colada à capital mato-grossense de Cuiabá.

A expectativa é que a usina esteja pronta para entrar no mercado até o final deste ano.

A unidade tem um porte relativamente modesto para os padrões do setor. Segundo as informações da ANP, a planta teria capacidade para fabricar até 81 mil m³, bem abaixo dos 232,3 mil m³ médios do atual parque fabril nacional.

{viewonly=registered,special}Temos uma nova usina de biodiesel a caminho do mercado nacional. Na atualização mais recente que fez em sua relação de unidades produtoras de biocombustíveis em processo de construção ou de ampliação, a ANP incluiu os dados sobre a Bio Oeste que está sendo construída em Várzea Grande – cidade colada à capital mato-grossense de Cuiabá.

A expectativa é que a usina esteja pronta para entrar no mercado até o final deste ano.

A unidade tem um porte relativamente modesto para os padrões do setor. Segundo as informações da ANP, a planta teria capacidade para fabricar até 81 mil m³, bem abaixo dos 232,3 mil m³ médios do atual parque fabril nacional.

Isso faria da Bio Oeste a 47ª do ranking nacional de fabricantes tomando a posição que hoje é dividida pela unidade de Sumaré (SP) da Prisma e Minerva de Palmeiras de Goiás (GO).

Em construção

Atualmente, ANP lista 12 projetos de novas usinas de biodiesel em construção que, somadas, podem acrescentar 2,78 milhões de m³ à capacidade instalada do país que hoje é beira os 13,5 milhões de m³ anuais.

Outras 7 usinas já existentes estão em ampliação. Esses projetos agregariam mais 491 mil m³ em nova capacidade produtiva ao mercado nacional.

Mato Grosso

Com 17 usinas completamente autorizadas, o Mato Grosso tem o segundo maior parque fabril de biodiesel do Brasil totalizando 2,58 milhões de m³ anuais – atrás apenas do Rio Grande do Sul que conta com 9 plantas e 2,94 milhões de m³ em capacidade.

No horizonte estadual, a Bio Oeste tomaria a 11ª posição da – atualmente inativa – usina de biodiesel da Barralcool em Barra dos Bugres.

Fábio Rodrigues – BiodieselBR.com