Informações

Mercado de óleo diesel perde parte do fôlego em setembro


BiodieselBR.com - 01 nov 2021 - 18:35

O vento continuou soprando a favor do mercado de óleo diesel em setembro, mas com um pouco menos de força do que nos meses anteriores. As distribuidoras reportaram à Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) terem vendido um pouco mais que 5,14 milhões de m³ do derivado. Depois de dois meses seguidos flertando com o recorde histórico de outubro de 2014, as vendas perderam um pouco do vigor que vinham apresentando.

A freada não foi brusca o bastante para colocar o mercado no vermelho. Na comparação com setembro de 2020, as vendas do derivado cresceram 3,4%. Apesar de positivo, esse foi o resultado mais magro do ano desde fevereiro passado – único mês de 2020 a apresentar contração nas vendas na comparação anual. Nos sete meses que se passaram de lá para cá, o crescimento nas vendas superou a marca dos dois dígitos.

Não se trata só de um simples rebote do mercado depois de um ano sob os efeitos da Covid-19. O mercado tem crescido de verdade e voltado a repetir números que não eram vistos desde antes da crise econômica aguda do biênio de 2015 e 2016.

Entre janeiro e setembro, o mercado já movimentou 46,4 milhões de m³ de óleo diesel. Trata-se do maior volume para o período de 22 anos registrados pela ANP. A quantidade de diesel comercializada em 2021 já supera resultado apurado nos primeiros nove meses de 2014 por uma margem de 3,9%.


EXCLUSIVO ASSINANTES

O texto completo desta página está
disponível apenas aos assinantes do site!

VEJA COMO É FÁCIL E RÁPIDO ASSINAR