Glicerina

Brasil volta a bater recorde de exportação de glicerina


BiodieselBR.com - 23 set 2020 - 09:21 - Última atualização em: 09 out 2020 - 14:29

Embora o ano esteja sendo muito bom para o Brasil no mercado global de glicerina, até agora o ano ainda não tinha um recorde para chamar de seu. Isso foi até agora. Segundo dados do Ministério da Economia, as exportações do principal coproduto da indústria do biodiesel registraram a marca inédita de 52,3 mil toneladas.

Esse resultado coloca uma vantagem de respeitáveis 19,1% sobre o recorde anterior. Em dezembro de 2019, as exportações brasileiras de glicerina bruta e destilada passaram das 43,9 mil toneladas.

É a primeira vez que os embarques mensais superam a barreira das 50 mil toneladas. Há pouca chance de que esse volume represente um novo normal para o segmento. Embora as exportações brasileiras venham num crescendo bastante consistente desde que a mistura de biodiesel se tornou obrigatória em 2008, volumes acima das 40 mil toneladas não são propriamente comuns – a marca foi superada apenas mais seis vezes desde julho de 2018.

O resultado mais recente está ligado a uma aceleração substancial nas compras chinesas. Em agosto, o país asiático demandou 37,5 mil toneladas do produto nacional – o montante está mais de 50% acima da média dos últimos 12 meses. A demanda chinesa rendeu cerca de US$ 8,5 milhões às contas externas brasileiras.

Além da China, outros 43 destinos receberam glicerina brasileira em agosto.


EXCLUSIVO ASSINANTES

O texto completo desta página está
disponível apenas aos assinantes do site!

VEJA COMO É FÁCIL E RÁPIDO ASSINAR