Autorizações

Granol é autorizada a operar com capacidade ampliada


BiodieselBR.com - 10 fev 2012 - 11:06 - Última atualização em: 27 fev 2012 - 00:14

Foi publicada no Diário Oficial da União de hoje, a autorização para que a Granol comece a operar sua usina de Anápolis (GO) com capacidade ampliada. A partir de agora, a usina poderá fabricar até 371,9 milhões de litros de biodiesel por ano.


A autorização para a ampliação da usina, que hoje tem capacidade de fabricação anual de pouco mais de 220 milhões de litros, havia sido garantida pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) em agosto de 2010. Isso significa um crescimento de cerca de 68,5% capacidade produtiva da unidade e permitirá que a empresa venda até 74,4 milhões de litros por leilão.

Mas antes que a Granol possa disputar os 700 milhões de litros que serão arrematados no 25º leilão  – marcado para 27 de fevereiro – com sua nova capacidade, ela ainda precisará que a ANP publique a Autorização de Comercialização. 

Hoje, Goiás conta com 07 usinas de biodiesel que, juntas, podem fabricar até 1,1 bilhão de litros, com a nova capacidade da Granol o estado passa a produzir 1,26 bilhão de litros. Isso eleva a produção do Centro-Oeste para 2,9 bilhões de litros, quase 960% acima da demanda regional por biodiesel que foi de 303 milhões de litros no ano passado.

A Granol possui duas usinas – a de Anápolis (GO) e a de Cachoeiro do Sul (RS) – que passam a poder fabricar 707,8 milhões de litros por ano. A empresa é uma das vendedoras mais consistentes dos leilões de biodiesel da ANP e, frequentemente, é a principal vendedora. No 24º leilão, ela foi a empresa que mais vendeu  biodiesel do Brasil com 78,2 milhões de litros.

Fábio Rodrigues - BiodieselBR.com