Política

Governo não crê em redução de patamar dos preços de biodiesel e reitera mistura menor


Folha de S.Paulo - 03 dez 2021 - 08:45

O governo avalia que não há expectativa de queda significativa do preço da soja no mercado internacional, mesmo que haja uma supersafra mundial da commodity a ponto de alterar o "elevado patamar de preço do biodiesel", disse o Ministério de Minas e Energia nesta quinta-feira (02), ao justificar novamente sua decisão de reduzir a mistura do biocombustível prevista para 2022.

A soja, principal item do agronegócio brasileiro, é também matéria-prima de cerca de 75% do biocombustível.

Em nota, o Ministério de Minas e Energia respondeu às críticas recebidas do setor de biodiesel após ter anunciado no início da semana decisão de manter o teor de 10% de biodiesel no diesel para todo o ano de 2022, citando valores elevados do produto.


EXCLUSIVO ASSINANTES

O texto completo desta página está
disponível apenas aos assinantes do site!

VEJA COMO É FÁCIL E RÁPIDO ASSINAR