PUBLICIDADE
cremer
Distribuição

ANP e distribuidores descartam risco de desabastecimento de combustíveis


O Globo - 04 nov 2022 - 08:38

A diretoria da ANP reuniu-se no início da noite de ontem com representantes do Ministério de Minas e Energia, dos setores distribuição de combustíveis, revendedores e biocombustíveis. O cardápio do encontro: tentar mensurar se há um risco de desabastecimento de combustíveis e quais as regiões mais afetadas pelo bloqueio das rodovias.

A conclusão foi que o abastecimento está se regularizando com a desobstrução das estradas, sobretudo a partir de ontem. Segundo a PRF, na tarde de ontem havia 32 pontos de interdição em 6 unidades da federação, bem menos que os 106 pontos na noite anterior.

Entre os participantes da reunião, um consenso: não há necessidade de medidas extraordinárias para a garantia do abastecimento ainda que alguns locais em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul mereçam mais atenção.

Uma das medidas discutidas, mas que por ora não será implantada, é a diminuição dos percentuais obrigatórios de etanol e biodiesel na gasolina e no diesel, respectivamente, até que tudo fique 100% normalizado.

O IBP – entidade que representa as maiores distribuidoras – chegou a propor uma flexibilização na obrigação de misturar biodiesel ao diesel em 8 Estados. A entidade afirma que os bloqueios em Santa Catarina, Mato Grosso e São Paulo prejudicaram o escoamento do biocombustível para as bases de distribuição, onde são adicionados ao diesel comprado pelas distribuidoras.

Ficou decidido também que as bases de distribuição vão operar 24 horas por dia até terça-feira, a fim de regularizar o abastecimento.

Lauro Jardim – O Globo
Com adaptações feitas por BiodieselBR.com