PUBLICIDADE
cremer cremer
Emissões

Vale quer reduzir 17% das emissões com projeto de biodiesel


BiodieselBR.com - 14 set 2012 - 17:25 - Última atualização em: 29 nov -1 - 20:53
vale emissões_140912
A mineradora Vale espera que o uso de misturas de 20% de biodiesel no combustível usado em seu maquinário reduza suas emissões de CO2 em 17%. O projeto foi detalhado nesta quarta-feira (12) pelo gerente-geral de Assuntos de Bioenergia da empresa, Cesar Augusto Modesto de Abreu, durante sua fala no 2º Seminário Internacional de Gestão da Energia na Indústria da Mineração (Enermin 2012).

O novo combustível passará a ser usado a partir de 2014 em todas as áreas da Vale. “A Vale é uma das maiores usuárias de diesel no Brasil, com participação em 3% no consumo nacional. Esse projeto visa garantir sustentabilidade às nossas operações”, declarou o executivo.

Como pontapé para o projeto de produção de biodiesel, a Vale S.A. já iniciou os procedimentos para a plantação de 60 mil hectares de palma no Pará. Em junho, a companhia inaugurou sua primeira unidade de extração de óleo de palma na cidade de Moju (PA). A ideia é passar a fazer uso cativo de B20 em suas frotas.

O uso do B20, segundo Cesar Abreu, diminuirá ainda as emissões de monóxido de carbono (12%), halocarbonetos (20%) e óxido de enxofre (20%). “O plantio será feito em área degradada. Além de não haver derrubada de árvores, o projeto contribui ainda com sequestro de carbono”, complementou.

Fábio Rodrigues – BiodieselBR.com