Dendê / Palma

Óleo de palma: preços podem subir até março, diz analista


Agência Estado - 29 nov 2013 - 11:03

As cotações do óleo de palma provavelmente subirão para 3 mil ringgits por tonelada (US$ 929 por tonelada) até março do próximo ano em virtude do crescente consumo de biodiesel na Ásia, informou nesta sexta-feira o analista de óleos vegetais Dorab Mistry.

O preço projetado por Mistry representa um aumento de 13% em relação ao nível atualmente praticado no mercado. Segundo ele, a demanda anual por biodiesel deve aumentar 2,5 milhões de toneladas devido principalmente aos esforços maiores para uso do biocombustível na Indonésia e na Malásia, os dois maiores produtores de óleo de palma do mundo.

Em setembro, a Indonésia anunciou planos de elevar a taxa de mistura de biodiesel no combustível subsidiado de 7,5% para 10%, conforme informado pela mídia local. Em uma conferência recentemente realizada na China, Mistry observou que o mandato de biodiesel na Malásia e na Indonésia será mantido enquanto os preços do óleo de palma permanecerem competitivos em relação aos do petróleo. De acordo com o analista, a diferença entre o óleo vegetal e a gasolina entre julho e outubro foi suficiente para criar uma demanda mensal adicional por biodiesel de 100 mil a 150 mil toneladas.

Entretanto, Mistry alertou que o avanço das cotações para 3 mil ringgits por tonelada reduzirá o desconto em relação ao óleo de soja e possivelmente inibirá a demanda. Segundo ele, a queda na procura pelo óleo de palma pode resultar em estoques maiores a partir de maio do próximo ano.