PUBLICIDADE
cremer cremer
Alemanha

Alemanha sinaliza abandono de veículos de combustão interna


BiodieselBR.com - 11 out 2016 - 09:13

Uma das casas do parlamento da Alemanha – o Bundesrat – aprovou na semana passada uma resolução que sinaliza na direção de uma proibição completa da comercialização de veículos de combustão interna já a partir de 2030. A resolução cobra que a Comissão Europeia adote como meta que “apenas veículos de passageiros com emissões zero recebam aprovação a partir de 2030.

A rigor, essa resolução não tem força legislativa. Mas a Alemanha é um dos atores mais influentes na formatação das políticas para o bloco europeu como um todo.

O texto aprovado também cobra a adoção de uma política de elevação progressiva dos impostos para acelerar o abandono dos motores de combustível interna. Isso pode atingir em cheio a venda de veículos diesel que respondem por aproximadamente metade da frota europeia em função de seu melhor desempenho em termos de consumo de combustíveis em relação aos motores à gasolina.

Esse questionamento vem num momento em que a imagem das montadoras está em baixa. Há pouco mais de um ano veio a público que a Volkswagen vinha havia desenvolvido um software para seus veículos que tinha o propósito específico de fraudar os resultados dos testes de emissões de poluentes da União Europeia (UE).

O escândalo ficou conhecido dieselgate e logo foi descoberto que outras montadoras adotavam práticas similares.

Fábio Rodrigues – BiodieselBR.com
Com informações Forbes.com