Em Foco

Brasil Ecodiesel estuda reativar usina de Iraquara-BA


Agencia Estado - 09 mai 2011 - 06:06 - Última atualização em: 09 nov 2011 - 19:16

Dependendo do resultado do próximo leilão de biodiesel que deve ser realizado na segunda quinzena de maio, a Brasil Ecodiesel deverá reativar a usina de biodiesel de Iraquara, localizada na Bahia. A informação é do diretor executivo e de relações com investidores, Eduardo de Come. Segundo ele, a usina de Iraquara conseguiu reaver o selo de Combustível Social em fevereiro e está pronta para voltar a funcionar. "Se o resultado do leilão for positivo e atingir um volume considerável, iremos reativar a Iraquara", disse ele. Para produzir o biodiesel que será entregue até junho, a Brasil Ecodiesel está operando com as unidades de Rosário do Sul, no Rio Grande do Sul, e de Porto Nacional, em Tocantins.

A estratégia da Brasil Ecodiesel é oferecer biodiesel das unidades que tenham o menor custo e apenas se houver demanda retornar a operação da Iraquara. O próximo leilão será o primeiro em que a Brasil Ecodiesel volta a participar com produção potencial também da Iraquara. Em março de 2010, a empresa perdeu o selo de Combustível Social de duas usinas, a Iraquara e a Itaqui. Em virtude da oferta de biodiesel no Brasil continuar acima da demanda, a empresa decidiu reaver o selo de apenas uma usina por enquanto, a Iraquara. "Ter o selo pressupõe ter custos como uma rede para adquirir produto vindo de agricultura familiar que encarece o processo principalmente se a oferta é grande no mercado", disse. Por isso, a empresa reativou o selo apenas da Iraquara para qual ampliou o programa de compras de cooperativas da agricultura familiar e vai cumprir o porcentual mínimo de aquisição neste ano.

O próximo leilão de biodiesel que será realizado até o final de maio irá comprar 700 milhões de litros de biodiesel, ante os 660 milhões de litros adquiridos no leilão anterior. O aumento foi definido através de portaria do Ministério do Desenvolvimento Agrário e será operacionalizado pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Apesar do aumento, de Come afirma que a grande oferta existente hoje de biodiesel vai equilibrar demanda e oferta.

EDUARDO MAGOSSI