Em Foco

Espírito Santo cria Comitê Gestor do Polo de Pinhão-manso


Campo Vivo - 22 ago 2011 - 11:08 - Última atualização em: 09 nov 2011 - 19:17

O Espírito Santo possui agora um Comitê Gestor do Polo de Pinhão Manso. Após a assinatura do decreto de instituição, na última quinta-feira (18), o comitê vai trabalhar com o objetivo de discutir ações estratégicas para o fortalecimento da cadeia produtiva do pinhão manso no Espírito Santo, levando em consideração as recomendações técnicas para a cultura e a sustentabilidade da atividade.

 “O Governo do Espírito Santo vem por meio deste ato fortalecer ainda mais a cultura do pinhão manso, que ganha força no País como uma alternativa para os produtores rurais e para o meio ambiente, pois com ele se produz energia limpa. E, além disso, os produtores terão uma representação junto aos diferentes elos da cadeia produtiva no Estado, e as demais Instituições que apoiam o setor de biodiesel no Espírito Santo”, destacou Enio Bergoli, secretário estadual de agricultura.

O comitê gestor é formado pelo Conselho de Desenvolvimento Territorial (Condeter), Centro de Desenvolvimento do Agronegócio (Cedagro), Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf), Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Espírito Santo e do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Faes/Senar), Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Espírito Santo (Fetaes), Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Nòvabra Energia, Prefeitura Municipal de Colatina, Secretaria de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag), e pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).