Simoni Margareti Plentz Meneghetti

A Produção Consolidada de Etanol Combustível no Brasil é Tema de Edição Especial da Renomada Revista


Simoni P. Meneghetti - 13 fev 2007 - 22:00 - Última atualização em: 09 nov 2011 - 19:23

A edição especial da Revista Science de 09 de fevereiro de 2007 (Vol. 315. nº. 5813) foi dedicada ao tema “Sustentabilidade e Energia”.

Como é de conhecimento de todos, essa revista é um dos periódicos de maior importância e impacto na área da ciência, abordando temas multi- e interdisciplinares. O fato de estar disponível um número especial dedicado à energia é de suma importância e vem ao encontro de assuntos que o mundo tem discutido seriamente ao longo dos últimos anos, tais como aquecimento global, energias alternativas, etc.

Neste artigo abordarei os principais temas deste número especial de Science e salientarei a participação brasileira nesta produção científica: um artigo sobre o nosso etanol, do Professor José Goldemberg.

Muitos aspectos foram considerados por pessoas de renome, nos vários artigos que compõem este número de Science e que corroboram nossas crenças na área de energia: a necessidade de pesquisa fundamental com financiamentos adequados, questões envolvendo créditos de carbono, levantamentos de como os recursos estão sendo alocados em vários países; a produção de derivados de biomassa que possam ter inúmeras utilizações industriais, como substituintes a insumos oriundos de fontes não renováveis, entre outros.

Discussões relevantes, no que tange a aspectos técnicos e econômicos, foram dedicadas às diferentes formas de obtenção de energia sustentável. Entre elas podemos citar: (i) a energia solar e sua conversão através de fotocélulas em formas de energia como a eletricidade, (ii) a utilização de hidrogênio, que apesar de sua eficiência tem alto custo e grandes desafios de armazenagem a serem superados, (iii) a produção de energia em pequenas propriedades, (iv) aspectos de produção de energia a partir de fontes nucleares, etc.

Corroborando a necessidade de pesquisa e desenvolvimento constantes no tema energia, foi ressaltado o fato de que a utilização da biomassa de forma consolidada e em grande escala se restringe, em curto prazo, ao processo de fermentação de açúcares para obtenção de álcool.

Neste item nosso país foi agraciado com um espaço de destaque, no qual o Professor José Goldemberg, atual secretário do meio Ambiente do Estado de São Paulo, apresentou em excelente artigo intitulado “Ethanol for a Sustainable Energy Future” (Etanol para um Futuro de Energia Sustentável). Neste foram discutidos, além de aspectos gerais sobre fontes renováveis de energia, o nosso PROALCOOL, que foi relatado e reconhecido como uma experiência consolidada e de sucesso. Enquanto outras alternativas energéticas iniciam seu caminho para a produção em escala comercial, os nossos processos otimizados de obtenção de álcool a partir da cana-de-açúcar, após 30 anos de produção, colocam o etanol no patamar de uma commodity altamente competitiva e apropriada para ter sua produção e utilização implementada em vários países.

Dada a relevância desta revista científica no cenário mundial é de grande importância a publicação de um artigo de um renomado cientista brasileiro, pois coloca nosso país numa posição merecida de destaque na área de energia. Que exemplos como este, sirvam para renovar nosso ânimo para darmos continuidade e concretizarmos os vários projetos e ações na área energética no Brasil.

Simoni P. Meneghetti é colunista BiodieselBR. Saiba mais sobre a autora.

Tags: Simoni