Miguel Angelo

A estratégia para o 12º leilão


BiodieselBR.com - 21 nov 2008 - 11:00 - Última atualização em: 07 mar 2012 - 18:50

O leilão de biodiesel que ocorrerá na próxima segunda-feira tinha tudo para ser igual ao anterior, com uma oferta de biodiesel pouco acima da demanda e com as usinas vendendo quase todo o biodiesel que pudessem. Contudo, a mudança na forma de cálculo da capacidade anual alterou esse cenário. O leilão será mais imprevisível e emocionante, já que a oferta de biodiesel aumentou consideravelmente e a demanda permaneceu igual.

No leilão que começará nesta segunda-feira, a maioria das usinas poderá oferecer um volume 20% maior que nos leilões anteriores. A ADM que teve a sua capacidade de produção diária aumentada poderá oferecer um volume ainda maior. Nos leilões de agosto a empresa pôde vender 33,9 milhões de litros e agora está autorizada a vender 49,1 milhões de litros. Essa oferta elevada trará uma concorrência maior entre os produtores e, conseqüentemente, um deságio maior do que o visto nos últimos leilões.

Outro ponto que reforça a idéia de que os preços terão um deságio maior no 12º leilão é o número de usinas autorizadas com capacidade superior a 180 milhões de litros por ano. Até agora apenas a Biocapital e a Oleoplan tinham capacidade superior àquele volume, hoje já são seis usinas: ADM, Biocapital, Caramuru, Granol (GO), Oleoplan e a Agrenco. Essa última dificilmente participará do leilão em razão da situação da empresa.

A incerteza sobre quantas usinas conseguirão vender e quanto cada uma venderá é muito maior do que no leilão anterior. As usinas com grande capacidade de produção (principalmente as esmagadoras) podem ficar com boa parte do biodiesel arrematado, concentrando as vendas em algumas poucas empresas. Para exemplificar, se a ADM, a Granol e a Oleoplan venderem os 80% permitidos no leilão, suas usinas ficarão com quase 50% de todo o volume comercializado no leilão. E isso não é difícil de acontecer, pois nos últimos leilões a ADM vendeu tudo o que podia e a Oleoplan e a Granol ficaram próximas do volume máximo.

Sabendo da possibilidade da capacidade ofertada ser muito maior que a demandada, as usinas terão que avaliar bem sua estratégia para não ficar de fora do leilão. A oferta real de biodiesel subiu consideravelmente entre o último pregão e o que acontecerá nessa segunda. Um cálculo errado pode deixar a usina fora do primeiro trimestre de 2009.

Toda essa incerteza que cerca o leilão é o argumento que faltava para convencer o governo a autorizar o B4 até a metade de 2009. Não há dúvidas de que essas usinas são capazes de fornecer com facilidade a quantidade de biodiesel necessária para o B4 (e até o B5) e o excesso de oferta nesse leilão deverá exercer a pressão necessária para que isso aconteça.

Abaixo apresentamos tabela com quanto cada usina pode vender no 12º leilão e sua capacidade de produção:

   
Capacidade de produção1
     
Usina
UF 
Anual
Trimestral
Venda no leilão2
RF3
Selo
Últ. leilão4
Adm MT 245 61,3 49,1
ok
ok
ok
Agropalma  PA 28,8 7,2 5,7
ok
ok
ok
Agrosoja MT 28,8 7,2 5,7
ok
ok
ok
Barralcool5 MT 58,8 14,7 11,7
ok
ok
ok
Biocamp  MT  55,4 13,8 11
ok
ok
ok
Biocapital5 SP 274 68,5 54,8
ok
ok
ok
Bioverde5  SP 88,2 22 17,6
ok
ok
ok
Bracol SP 119 29,9 23,9
ok
ok
ok
Ecodiesel CE 129 32,4 25,9
ok
ok
ok
Ecodiesel PI 97,2 24,3 19,4
ok
ok
ok
Ecodiesel TO 129 32,4 25,9
ok
ok
ok
Ecodiesel  BA 129 32,4 25,9
ok
ok
ok
Ecodiesel  RS 129 32,4 25,9
ok
ok
ok
Ecodiesel  MA 129 32,4 25,9
ok
ok
ok
Bsbios  RS 124 31 24,8
ok
ok
ok
Caramuru5  GO 187 46,9 37,5
ok
ok
ok
Comanche  BA 120 30,1 24,1
ok
ok
ok
Fertibom5  SP 42 10,5 8,4
ok
ok
ok
Fiagril  MT  147 36,9 29,5
ok
ok
ok
Granol5  GO 190 47,6 38,1
ok
ok
ok
Granol5  RS 144 36,2 28,9
ok
ok
ok
Oleoplan RS 237 59,4 47,5
ok
ok
ok
Petrobras5 CE 56,4 14,1 11,2
ok
ok
ok
Petrobras5 BA 56,4 14,1 11,4
ok
ok
ok
Agrenco5 MT  234 58,5 46,8
ok
ok
não
Araguassú  MT  36 9 7,2
ok
ok
não
Binatural  GO 30,2 7,5 6
ok
ok
não
Clv  MT  36 9 7,2
ok
ok
não
Granol5  SP 90 22,5 18
ok
ok
não
Bio óleo  MT  3,6 0,9 0,7
ok
não
ok
Biopar  PR 43,2 10,8 8,6
ok
não
ok
Biopar parecis5  MT  8,4 2,1 1,6
ok
não
ok
Biotins  TO 9,7 2,4 1,9
ok
não
ok
Ouro verde  RO 6,1 1,5 1,2
ok
não
ok
Renobrás  MT  7,2 1,8 1,4
ok
não
ok
Amazonbio  RO 16,2 4 3,2
ok
não
não
Ambra  MG 0,8 0,2 0,1
ok
não
não
Big frango  PR 14,4 3,6 2,8
ok
não
não
Biolix  PR 10,8 2,7 2,1
ok
não
não
Bionorte5 GO 29,4 7,3 5,8
ok
não
não
Fusermann  MG 10,8 2,7 2,1
ok
não
não
Innovatti5  SP 6,7 1,6 1,3
ok
não
não
Nutec CE 0,8 0,2 0,1
ok
não
não
Soyminas MG 14,4 3,6 2,8
ok
não
não
Usibio  MT  7,2 1,8 1,4
ok
não
não
Petrobras5 MG 56,4 14,1 11,2
ok
não
não
Biominas  MG 10,8 2,7 2,1
não
não
não
Biocar MS 10,8 2,7 2,1
não
não
não
Cesbra química RJ 21,6 5,4 4,3
não
não
não
Comandolli  MT  3,6 0,9 0,7
não
não
não
Cooami  MT  3,6 0,9 0,7
não
não
não
Coomisa  MT  4,3 1 0,8
não
não
não
Cooperbio5  MT  1,4 0,3 0,2
não
não
não
Cooperfeliz5  MT  2,4 0,6 0,4
não
não
não
Dhaymers  SP 9,3 2,3 1,8
não
não
não
Dvh chemical PA  12,6 3,1 2,5
não
não
não
Frigol5  SP 6 1,5 1,2
não
não
não
Kgb MT  1,8 0,4 0,3
não
não
não
Ssil5 MT  1,8 0,4 0,3
não
não
não
Taua biodiesel MT  36 9 7,2
não
não
não
Transportadora caibiense MT  5,4 1,3 1,0
não
não
não
Vermoehlen5  MT  1,8 0,4 0,3
não
não
não

1 Em milhões de litros
2 Volume que a usina poderá vender nos leilões
3 Possui registro na Receita Federal
4 Empresas que participaram dos últimos dois leilões realizados em agosto ofertando biodiesel

5 Usinas limitadas pela licença ambiental

BiodieselBR.com
Tags: L12