Décio Luiz Gazzoni

Biocombustíveis: o futuro pode começar amanhã


Décio Gazzoni - 15 jul 2008 - 16:04 - Última atualização em: 09 nov 2011 - 19:06

Amanhã, em cerimônia oficial a ser realizada em Genebra, a OECD (Organização para Cooperação Econômica e Desenvolvimento) divulga um documento intitulado Análise Econômica das Políticas Globais de Suporte aos Biocombustiveis. Tivemos acesso antecipado ao documento, com 119 páginas, que analisa o estado da arte e efetua propostas futuras de políticas públicas na área. São 4 capítulos e 3 Anexos, fartamente documentados, fundamentados e ilustrados.

A expectativa da OCDE é que o documento seja o balizador do rumo que tomarão os negócios com biocombustíveis a partir da polêmica de seu conflito com alimentos e de sua ineficiência na mitigação dos impactos ambientais.

O capítulo 1 aborda os fatos e as possíveis tendências do mercado de biocombustíveis; o capítulo 2 trata da análise quantitativa das atuais políticas públicas de biocombustíveis; o capítulo 3 aborda os custos e benefícios das atuais políticas públicas; e o capítulo 4 trata das conclusões e recomendações de políticas. O anexo 1 propõe especificações de biocombustíveis, o anexo 2 aborda os impactos ambientais e o anexo 3 analisa os impactos econômicos e ambientais derivados de diferentes cenários futuros.

Assim que o documento for lançado oficialmente, estaremos analisando o mesmo em forma sumarizada, para os assinantes do portal BiodieselBR.

Décio Gazzoni

Tags: Ocde