Biodiesel

11º Leilão garante abastecimento de biodiesel até o final do ano


Ministério de Minas e Energia - 18 ago 2008 - 04:54 - Última atualização em: 09 nov 2011 - 19:07

Com o novo leilão realizado hoje pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) o abastecimento de biodiesel está garantido até o final do ano. No certame, foram adquiridos mais 66 milhões de litros. Com os leilões realizados ontem e hoje, o volume de 330 milhões de litros para fornecimento durante o 4º trimestre foi assegurado. Isso representa toda a demanda de biodiesel para a mistura B3 nesse período.

O preço médio final no décimo primeiro leilão foi R$ 2,610 por litro, com deságio de 0,4% em relação ao preço inicial de abertura (R$2,620). Esses valores incluem os tributos federais sobre o biodiesel (Pis/Pasep e Cofins), mas sem ICMS (imposto estadual) e sem custos de frete.

Nesses dois leilões, o preço médio ponderado ficou em R$2,606, abaixo do valor anterior dos últimos leilões de abril (R$2,690). A movimentação financeira supera R$ 850 milhões. Petrobras (92,3% do volume) e Refap (7,7%) foram as empresas que adquiriram o combustível. . Como fornecedores, são 28 usinas espalhadas pelo País, enquanto nos leilões passados foram 24. O crescimento da oferta e do número de participantes contribui para aumentar a competição e diversificar a origem do suprimento.

A participação no 11º Leilão foi aberta a todos os produtores, com ou sem o Selo Combustível Social. Entretanto, 87,4% do volume arrematado foi originado de usinas detentoras do Selo. Somados os dois leilões realizados ontem e hoje, a participação com Selo sobe para 97,5%. Este número é bastante positivo para o Programa Nacional de Produção e Uso do Biodiesel, pois mostra que a agricultura familiar participa efetivamente na cadeia produtiva deste novo combustível renovável, juntamente com o agronegócio.

Assessoria de Comunicação
Ministério de Minas e Energia