Negócio

Brasil se consolida como 10º maior produtor global de petróleo, diz ANP


Valor Econômico - 01 jul 2020 - 11:11

O Brasil se manteve, em 2019, na posição de 10º maior produtor de petróleo no mundo, de acordo com dados publicados no anuário estatístico da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Ao todo, o país produziu, em média, 2,88 milhões de barris/dia, um crescimento de 7,4% em relação a 2018.

O volume produzido pelo Brasil consolida o país no posto de maior produtor da América Latina, liderança assumida em 2016, em meio ao declínio das operações na Venezuela e México.

Ranking global

O ranking global é liderado pelos Estados Unidos (17 milhões de barris/dia), seguido da Arábia Saudita (11,8 milhões de barris/dia), Rússia (11,5 milhões de barris/dia), Canadá (5,6 milhões), Iraque (4,7 milhões de barris/dia), Emirados Árabes Unidos (3,9 milhões de barris/dia), China (3,8 milhões de barris/dia), Irã (3,5 milhões de barris/dia), Kuwait (2,9 milhões de barris/dia) e Brasil — que ocupa a 10ª posição desde 2016.

Em termos de reservas provadas de petróleo, o país possui, ao todo, 12,7 bilhões de barris, o que o coloca na 15ª colocação no ranking global.

André Ramalho – Valor Econômico