Bioquerosene

Embrapa Agroenergia realiza simpósio sobre biocombustíveis na aviação


Assessoria de Imprensa Embrapa - 17 ago 2012 - 17:06 - Última atualização em: 29 nov -1 - 20:53
simposio biocombustivel_aviacao_170812
Nos dias 13 a 14 de setembro a Embrapa Agroenergia vai promover o Simpósio Nacional de Biocombustíveis de Aviação (SNBA) em sua sede em Brasília (DF). O evento vai debater os desafios técnico-científicos e as oportunidades relacionados ao desenvolvimento de biocombustíveis para o setor de aviação. A ideia é refinar o foco de atuação das pesquisas da Embrapa nessa área. 

No Brasil e no exterior, instituições públicas e privadas estão empenhadas em substituir combustíveis fósseis pelos biocombustíveis com o objetivo de reduzir as emissões de gases de efeitos estufa. Essa preocupação não se restringe aos veículos circulando sobre rodas por estradas e rodovias, o transporte aéreo mundial é responsável por cerca de 2% dos gases de efeito estufa liberados na atmosfera. Por isso, o setor de aviação também está investindo em combustíveis obtidos a partir de fontes renováveis.

A iniciativa conta com o apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

O bioquerosene
O principal combustível utilizado na aviação é o querosene obtido do petróleo. “O bioquerosene é uma alternativa sustentável”, afirma o coordenador do simpósio e pesquisador da Embrapa Agroenergia, Rossano Gambetta. 

O uso de combustíveis renováveis é uma opção para reduzir as emissões de gases de efeito estufa no setor de aviação. Para o pesquisador, existem grandes desafios relacionados às pesquisas na área entre os quais ele destaca a necessidade de um combustível capaz de atender padrões mundiais de qualidade independente da matéria-prima ou rota tecnológica adotada e que seja compatível com os motores já existentes. 

Conferência
O simpósio faz parte da programação da Conferência sobre Biocombustíveis Sustentáveis de Aviação no Brasil, um evento de maior escopo promovida por uma parceria entre Boeing, Embraer, Fapesp e Embrapa com o objetivo de avaliar as alternativas de matérias-primas e tecnologias, bem como identificar as barreiras a superar para a produção dessa energia de fonte renovável. 

Além do evento na Embrapa Agroenergia também será organizado um Workshop do Projeto Roadmap em Biocombustíveis Sustentáveis para a Aviação no Brasil.