PUBLICIDADE
Bio

Usina paulista recebe autorização da ANP e registro na Receita Federal


BiodieselBR.com - 16 ago 2011 - 07:30 - Última atualização em: 09 nov 2011 - 19:17

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) divulgou ontem no Diário Oficial da União a autorização de operação para a usina de biodiesel pertencente a Produtos Alimentícios Orlândia SA. A empresa utiliza a marca Brejeiro. Hoje a unidade também recebeu o registro especial da Receita Federal.

A empresa é uma processadora de grãos que comercializa arroz, soja em grão, óleo de soja, farelo e derivados e havia oficializado sua disposição de entrar no mercado de biodiesel em fevereiro passado quando conseguiu a autorização para da ANP para adaptar sua planta industrial para a produção de biodiesel.

Trata-se de uma usina relativamente modesta, com capacidade produtiva autorizada para 54 milhões de litros de biodiesel por ano. Isso coloca a Orlândia na 33ª colocação do ranking nacional de usinas e em oitavo lugar no ranking da Região Sudeste. Com a inclusão da novata, o Sudeste passa a contar com 15 usinas de biodiesel que somam pouco mais que 1,1 bilhão de litros em capacidade autorizada.

Considerando as recentes mudanças nas regras dos leilões de biodiesel – que regionalizou o mercado e passou a premiar a localização das usinas – o Sudeste é capaz de produzir hoje um total de 222,3 milhões de litros de biodiesel por trimestre para uma demanda que o edital do 23º leilão coloca em 301 milhões de litros.

Apesar de ter chegado em um momento favorável para as usinas do Sudeste, a Orlândia ainda precisa da autorização de comercialização para poder participar dos leilões de biodiesel. Se quiser participar da próxima disputa a empresa deve receber essa autorização em até três dias.

brejeiro1.jpg
brejeiro2.jpg
brejeiro3.jpg

Fábio Rodrigues - BiodieselBR.com