PUBLICIDADE
cremer cremer
009

Notas sobre biodiesel


BiodieselBR.com - 03 mar 2007 - 13:43 - Última atualização em: 09 nov 2011 - 19:08


Selo homenageia biocombustíveis

A liderança brasileira na produção de combustíveis renováveis está sendo estampada pelo governo em um selo postal comemorativo, em circulação desde janeiro. A tiragem é de 10,2 milhões de unidades, a R$ 1,00 cada. Ao fim do primeiro ano de adição obrigatória de biodiesel no diesel, e com o sucesso do etanol, o Brasil tem mesmo o que comemorar. Enquanto no mundo a utilização de energia renovável não passa de 13%, na matriz energética brasileira esse percentual é de 46%. O país tem condições para aumentar essa vantagem: grande extensão de terras para a agricultura, condições climáticas favoráveis e abundância de bacias hidrográficas.


Frustrada a compra da Agrenco

Depois de frustrada a tentativa de venda de seu controle acionário para multinacionais, a Agrenco Group agora tenta ao menos pagar parte de sua dívida, anunciada pela empresa em cerca de R$1,4 bilhão (mais de três vezes o valor de seus ativos). A dívida pode ser ainda maior, já que os credores estão contestando alguns valores. Além da crise econômica, o que contribuiu para afugentar os investidores foi o plano de recuperação judicial da companhia, anunciado em novembro. O plano deverá ser avaliado pelos credores em fevereiro. Se for aprovado, a companhia pode retomar a produção de açúcar e álcool, mas até o momento a idéia é vender as unidades de biodiesel e arrendar as plantas de processamento de soja.


Falta de apoio para o pinhão-manso


Pouco a pouco o mundo vai reconhecendo as vantagens do pinhão-manso para a produção de biodiesel, mas aqui no Brasil os produtores reclamam da falta de apoio do governo. A Associação Brasileira dos Produtores de Pinhão-Manso (ABPPM) enviou uma carta ao presidente Lula no final do ano cobrando mais incentivos para pesquisa e aceleração do cultivo da oleaginosa. A entidade diz que é incompreensível que ainda não exista um programa nacional de pesquisa e uma política agrícola para a planta no país. O documento relatou experiências com cultivos no Brasil, que somam pouco mais de 16 mil hectares, produção pequena se comparada aos 97 mil hectares do dendê – planta que figura ao lado do pinhão-manso como uma das mais interessantes e também carente de apoio no Brasil.


Usinas experimentais podem virar comerciais


A Petrobras Biocombustíveis está fazendo estudos técnicos para transformar suas duas usinas experimentais, em Guamaré (RN), em unidades industriais de produção de biodiesel. As usinas juntas têm uma capacidade de produção de 20,4 milhões de litros/ano. Assim como os outros investimentos da estatal no Nordeste, a questão, de novo, é viabilizar o principal: matéria-prima. O governo do Estado promete impulsionar a produção de girassol através de acordo com a Agência de Cooperação Internacional do Japão (Jica). O projeto, que vai envolver a agricultura familiar, tem duração de quatro anos e meta de produzir 60 mil toneladas de grãos na safra 2009/2010.