005

Cartas do leitor


BiodieselBR - 10 nov 2007 - 07:53 - Última atualização em: 15 mar 2012 - 11:35

Cartas do leitor


"O reuso do óleo de fritura para a produção de biodiesel pode ser uma fonte de renda e inclusão social, repetindo o que recentemente aconteceu com o alumínio das latinhas de cerveja e refrigerante."

Leandro Villa Operador industrial de fábrica de biodiesel Passo Fundo – RS


"A matéria de capa mostra a importância ambiental da reciclagem do óleo de cozinha e ainda as perspectivas para a utilização desse produto na produção do biodiesel. Afinal, desenvolvimento com preservação do meio ambiente não é mais uma opção: é uma necessidade e um desafio para a nossa sociedade."

Luciano Santos Diretor financeiro Anápolis – GO


"Acredito que o convênio entre prefeituras, cooperativas coletoras de resíduos recicláveis e empresas especializadas na reciclagem do óleo de cozinha é a melhor solução para diminuir a contaminação de águas e solos causada pela destinação inadequada do óleo de cozinha."

Kátia Fagnani Engenheira ambiental Marechal Candido Rondon – PR


"Os temas abordados nesta última edição mostram, além da heterogeneidade de matérias-primas disponíveis no Brasil, o elevado grau de profissionalização que precisamos ter para alcançar a eficiência necessária. É importante termos um veículo idôneo para o esclarecimento e discussão de uma alternativa energética tão imprescindível."

Orlando Serrou Camy Filho Gestor de desenvolvimento rural Campo Grande – MS

"Para um caminhamento saudável do programa de Energias Renováveis se faz necessário desmistificar esse equívoco grosseiro de querer usar a mamona como a “salvação da lavoura”. E outro erro mais perigoso, é estabelecer um programa para a agricultura familiar baseado no plantio de mamona como biodiesel. A Sociedade Agrícola Nordestina do Brasil – SANBRA abandonou todas as suas atividades no Nordeste tendo em vista seu enfoque em mamona. O artigo “O patinho feio?” é de uma oportunidade especial. O dendê, de Patinho feio não tem nada, essa é uma solução correta, com certeza a única no momento. Temos as matrizes para realizar os cruzamentos entre as espécies dura e tenera, para produzir a pissífera que é mais produtiva. Todo esse material está localizado na Fazenda Urubu em Manaus, desde a primeira crise do petróleo, mas a falta de visão de nossos dirigentes é preocupante. Os entraves apresentados pela Embrapa Soja, não são todos verdadeiros e na verdade não se constituem dificuldades, basta uma decisão política e tudo estará resolvido."

Ubaldino Dantas Machado Diretor Presidente da Biotema Lavras - MG


"É necessário que as políticas públicas, tanto a nível estadual quanto na esfera federal, estejam convergindo para o desenvolvimento da cadeia de biocombustíveis na região Amazônica de forma harmoniosa, através de incentivos governamentais e criação de instrumentos reguladores capazes de atrair investidores e garantir o desenvolvimento sustentável da região. Vale ressaltar que a própria Petrobras tem sondado a região, com perspectivas de estudos para viabilizar uma nova base industrial através do óleo de palma e que muito contribuiria para atingir sua meta de produção de biodiesel."

Kátia Fernanda Garcez Monteiro Consultora em biocombustíveis Belém – PA

"A reportagem sobre o óleo de palma é muito esclarecedora. Sempre visualizei os óleos derivados das palmáceas - principalmente de palma e de babaçu - como a melhor alternativa para um país como o Brasil, com extensas áreas tropicais e equatoriais. Com os devidos incentivos e investimentos governamentais, linhas de crédito de longo prazo e mecanismos de regulação do mercado para aumentar a estabilidade e previsibilidade dos investimentos, teremos uma alternativa para evitar o desmatamento da Amazônia. Poderia ser até mesmo parte de um projeto nacional de reflorestamento de grandes áreas da Amazônia já desmatada, utilizando plantas típicas de clima tropical-equatorial. Considero a BiodieselBR uma das melhores revistas da área de biocombustíveis em circulação hoje no Brasil – senão a melhor."

Lucas K. Oliveira Professor de política internacional Porto Alegre – RS


"A revista BiodieselBR trás um panorama atualizado de um mercado novo e promissor, proporcionando ao público interessado informações preciosas para avaliação deste mercado e auxílio nas decisões de investimento."

José Neto Administrador Curitiba - PR