Informações

Ubrabio quer desenvolver especificação de biodiesel voluntária


BiodieselBR.com - 13 nov 2019 - 17:01

A União Brasileira do Biodiesel e Bioquerosene (Ubrabio) está planejando desenvolver uma especificação própria de biodiesel. A informação foi divulgada em primeira-mão na Conferência BiodieselBR 2019 por Juan Diego Ferrés, presidente do Conselho da União Brasileira do Biodiesel e Bioquerosene (Ubrabio).

Chamado de “biodiesel premium” as regras de qualidade seriam mais ainda rigorosas do que foram definidas passado pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) por meio da Resolução 798/2019.

O texto publicado em agosto passado elevou de 8 para 12 horas o parâmetro de estabilidade oxidativa exigido do biodiesel fabricado no país, e tornou obrigatório que as usinas passassem acrescentar aditivos antioxidantes a seus produtos.

Voluntário

O novo padrão seria adotado voluntariamente pelos fabricantes de biodiesel. Eles informariam essa qualificação às distribuidoras participantes dos leilões bimestrais da mesma forma como já informam a temperatura do ponto de entupimento do filtro a frio (CFPP, na sigla em inglês).

Segundo Diego Férres, o objetivo dos associados à Ubrabio é criar um padrão de qualidade mais elevado já em antecipação à futuros aumentos da mistura. “Dessa forma, poderíamos encontrar mercado preparado com mais antecedência”, disse acrescentando que a iniciativa conta com a “sensibilidade das distribuidoras de precificar a qualidade”.

Fábio Rodrigues – BiodieselBR.com