Informações

Ubrabio pede que ANP reconsidere reabertura da Etapa 2


BiodieselBR.com - 04 abr 2019 - 13:57

A Ubrabio se colocou contra a reabertura da Etapa 2 do 66º Leilão de Biodiesel. A entidade encaminhou na manhã de hoje (04) um oficio diretoria da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) no qual pede que a agência reconsidere sua decisão.

O anúncio feito no começo da noite de ontem pegou o mercado de surpresa. Alegando que instabilidades na Petronect teriam impedido uma ou mais usinas – não identificadas – de completarem os ajustes dos preços das ofertas para o L66, a ANP decidiu que reabriria parcialmente a Etapa 2.

Dessa forma, as usinas teriam mais uma hora para modificarem os preços pedidos por seu biodiesel. Os volumes ofertados, no entanto, não poderão ser mudados.

Pior que o soneto

Para a Ubrabio essa solução só seria viável caso os preços finais dos demais participantes não tivessem sido divulgados. “Embora preserve, impecavelmente, o princípio de isonomia (...) a reabertura de uma nova rodada de alterações de preços poderia levar a um problema maior de instabilidade de preços prejudicando indistintamente todos os produtores”, argumenta a entidade em sua manifestação acrescentando que o mercado está pressionado por um excesso de oferta “provocado pelo adiamento da adoção do B11”.

A entidade, então, sugere que ou a ANP dê prosseguimento ao processo de aquisição de biodiesel se comprometendo a auxiliar na mediação com qualquer fabricante que venha a se sentir lesado por não ter conseguido fixar seus preços durante a Etapa 2. Ou que o Leilão 66 seja recomeçado do zero.

No momento em que esse texto estava sendo finalizado (13h30) ainda não havia clareza de qual o caminho que seria adotado pela ANP. Embora estivesse marcada para as 11h00 a reabertura da Etapa 2 nem chegou a acontecer. No momento o processo se encontra suspenso e não há mais informações.

O oficio da Ubrabio pode ser acessado clicando aqui.

Fábio Rodrigues – BiodieselBR.com

Tags: Anp Ubrabio L66