Soja

Soja despenca em Chicago pressionada por colheita nos EUA


Reuters - 18 set 2012 - 09:39 - Última atualização em: 29 nov -1 - 20:53
futuro soja_chicago_180912
Os contratos futuro da soja registraram perdas expressivas nesta segunda-feira (17) na bolsa de Chicago (CBOT), com a pressão da colheita nos Estados Unidos e da liquidação de comprados, disseram operadores. Previsões de chuva neste mês em áreas de soja no Brasil também colaboraram para as quedas, disseram traders.

A soja terminou as negociações registrando sua maior queda percentual em um ano e meio, pressionada pela colheita nos EUA – há rumores de uma produtividade inicial melhor que a esperada –, além de vendas técnicas e de fundos comprados, afirmaram traders.

O contrato referência da oleaginosa terminou o dia próximo de sua mínima de um mês, registrando queda de 4 pontos percentuais, cotado a US$ 16,69 por bushel (medida equivalente a 27,2 quilos).

Os produtores de Mato Grosso, principal Estado de soja do Brasil, ainda não iniciaram os trabalhos em função do tempo seco, mas há previsão de chuvas volumosas que devem ocorrer na região a partir da próxima semana.

Os futuros da soja caíram após registrarem um recorde de alta no início de setembro, por conta da quebra de safra nos EUA.

Mark Weinraub, Sam Nelson e Julie Ingwersen