Conferência BiodieselBR 2021

[CBBR 2021] Biocombustíveis no mercado global


Fábio Rodrigues - 22 nov 2021 - 16:51 - Última atualização em: 23 nov 2021 - 10:43

Há um clima de urgência no ar! Depois de anos tentando ignorar o problema, já não restam dúvidas a respeito do agravamento da crise climática e da necessidade de promover uma verdadeira revolução na matriz energética global dentro dos próximos anos se quisermos mesmo evitar que os cenários mais catastróficos se concretizem. Esse é um consenso que vem se consolidando ao longo dos últimos anos e ganhou impulso na mais recente edição da Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas (COP26) que aconteceu este mês em Glasgow, na Escócia.

Os biocombustíveis estão entre as soluções mais bem posicionadas para contribuir com a necessária descarbonização do setor de transportes. Fazer esse exercício de projetar como o mercado global de biocombustíveis poderá evoluir ao longo dos próximos 30 anos e de qual será o espeço do Brasil nele, foi o mote do Painel 3 da Conferência BiodieselBR 2021 que teve a fala do presidente do ECB Group – empresa controladora da BSBios – Erasmo Carlos Battistella.

Não que tentar tendências de mercado décadas adiante seja algo banal de fazer. “No momento estamos dificuldade de prever o que vai acontecer em primeiro de janeiro do próximo ano”, reconheceu o empresário gaúcho ressaltando as incertezas criadas pela mudança do sistema de comercialização do biodiesel no Brasil. “Que dirá, o que pode acontecer nos próximos 10 anos”, reconheceu Erasmo.


EXCLUSIVO ASSINANTES

O texto completo desta página está
disponível apenas aos assinantes do site!

VEJA COMO É FÁCIL E RÁPIDO ASSINAR