Cooperativas

MDA e Sebrae fecham acordo para profissionalizar agricultura familiar


Assessoria de Imprensa MDA - 17 ago 2012 - 09:54
mda sebrae_170812
O Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e o Serviço Brasileiro de Apoio a Micro e Pequena Empresa (Sebrae) fecharam ontem (16) um acordo de cooperação que prevê investimentos da ordem de R$ 180 milhões em atividades de profissionalização da gestão de estabelecimentos da agricultura familiar, assentamentos da reforma agrária e comunidades tradicionais. 

Entre as principais metas da parceria está a inclusão produtiva desses públicos de forma que eles consigam inserir seus produtos no mercado. O foco é que os pequenos produtores consigam abrir espaço para si mesmos em cadeias de valor como a indústria do biodiesel, indústria de alimentação e iniciativas governamentais – como o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e o Programa de Alimentação Escolar (Pnae). A meta é beneficiar 300 mil pequenos produtores até 2014.

Para o presidente do Sebrae, Luiz Barreto, a gestão das propriedades tem sido um nó que impede os produtores rurais de melhorar sua renda. “Muitas vezes temos excelentes produtores, que entendem muito sobre seu tipo de produção, mas têm imensa dificuldade em ter boa gestão financeira, fazer estoques, trabalhar bem com seu capital de giro, saber administrar seu negócio”, destacou.

O diretor de geração de renda e agregação de valor do MDA, Arnoldo de Campos ressaltou que esse será o maior investimento individual já realizado no país em atividades de organização econômica da agricultura familiar. “Nunca se investiu tanto em organização econômica, em cooperativismo. Isso é, realmente, uma conquista feita entre duas instituições que atuam há muito tempo com agricultura familiar”, ressaltou.

O documento foi assinado pelo ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas e o presidente do Sebrae, Luiz Barreto.