BiodieselBR.com

Seg21042014

    Lembrar | Esqueceu a senha? Não é assinante? Assine já!

Algodão 

O algodão, que é considerado a mais importante das fibras têxteis, naturais ou artificiais, é também a planta de aproveitamento mais completo e que oferece os mais variados produtos de utilidade.

No Brasil, desde que começou a tomar aspecto de cultura econômica, o algodão tem sempre figurado no grupo vanguardeiro das atividades que carreiam divisas para o País.

Embora não seja cultivado de modo generalizado em todo o território, o algodão, até 1980, estava classificado entre as sete primeiras culturas no tocante ao valor de produção.

O algodoeiro é muito susceptível à concorrência de ervas daninhas.

Por essa razão ele deve ser mantido no limpo, isto é, livre das ervas daninhas desde a semeadura até próximo à colheita.

Por sua vez, a terra, quando escarifícada superficialmente proporciona maior arejamento às raízes da cultura.

O algodoeiro, em sua estrutura, apresenta maior quantidade de nitrogênio e potássio que de fósforo; porém, sabe-se experimentalmente, que a necessidade de provisão desse elemento no solo é, no geral, bem maior que a dos outros.

Adubação Verde

A prática de adubação verde para a cultura algodoeira é, oportunamente, de grande eficiência.

Nos solos em geral e nos arenosos em particular, após anos continuados de cultivo de algodão, a queda de produção é notória.

A adubação mineral contorna essa perda de fertilidade das terras até o ponto em que o teor de matéria orgânica das mesmas não baixe de certo nível; dai para frente o efeito dos fertilizantes químicos já não serão acentuados e, conseqüentemente, haverá necessidade de recorrer à adubação verde.

Manutenção da fertilidade do solo

Quando se processa a rotação do algodão com outras culturas , casos pacíficos são os benefícios que ocorrem no solo, tais como:

a) Mantém as características físicas do solo, pois a rotação concorre para melhor aeração e movimentação líquida no terreno;

b) Evita a concentração de substâncias tóxicas no solo, comum à monocultura;

c) Mantém o equilíbrio da fauna e flora microbiana, pois há enriquecimento de matéria orgânica no solo.

Quem leu esta notícia também se interessou:

Tudo sobre biodiesel