Prensas irão extrair a frio óleo de girassol

Uma parceria entre o governo estadual e produtores rurais irá possibilitar a produção de óleo de girassol nas propriedades. O governo está finalizando a compra de 16 miniprensas que irão extrair o óleo a frio. Os locais de instalação ainda estão em estudo, mas já se sabe que os equipamentos ficarão em propriedades que cultivam o girassol, em parceria com o governo, e que também criam gado de leite. A estimativa é que a extração de óleo comece em um mês.

A idéia é utilizar a torta resíduo do esmagamento do girassol na alimentação animal, uma vez que o produto proporciona maior rendimento na produção de leite. Ontem, o assunto foi abordado na 16 Reunião Nacional de Pesquisa de Girassol pelo coordenador estadual do Programa de Bioenergia, Richardson de Souza. No Estado, o biodiesel ainda está em fase de estudos, mas está apoiado em duas vertentes: geração de emprego e renda em pequenas propriedades e identificação das melhores variedades de oleaginosas para produção de biodiesel.

''Hoje tudo que sabemos sobre biodiesel é de bibliografia. Estamos investindo em pesquisas para desenvolver uma tecnologia paranaense e também para trabalhar com possíveis investidores'', disse Souza. Inicialmente, estudos realizados em parcerias com diversos órgãos de pesquisas indicaram que todos os óleos vegetais têm potencial para serem usados como combustíveis.

Atualmente, o foco da pesquisa estadual é na produção de girassol. A intenção é identificar as principais cultivares de girassol para produção de biodiesel e as melhores regiões para adaptação da planta. O girassol está sendo cultivado em 6 mil hectares nas regiões Norte, Noroeste e Oeste durante a safrinha. No entanto, neste ano os pombos atacaram a colheita. Nas regiões mais próximas aos canaviais foram as mais afetadas. Neste locais, as perdas chegaram a 40% sobre o total produzido.

No entanto, as aves não devem inviabilizar a cultura. Já foi feita uma parceria com o Ibama que deve identificar maneiras alternativas de controlar a sua reprodução. Na próxima safra, o Paraná deverá conseguir o reconhecimento agroclimático de produção em girassol, concedido pelo Ministério da Agricultura. Com esse ''título'' os agricultores poderão ter acesso ao crédito rural e ao seguro agrícola.

Segundo Souza, a produção do biodiesel gera três vantagens: ambiental, econômica e social. O produto é uma alternativa de combustível menos poluente, substitui parcialmente o óleo diesel reduzindo os custos com a importação e desenvolve a agricultura familiar.