Nova usina da Caramuru recebe autorização de operação

}A usina da Caramuru em Sorriso (MT) deu mais um passo em sua caminhada rumo ao mercado nacional de biodiesel. A planta acaba de receber da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) a Autorização Nº 600 que colocá-la em operação. O documento foi publicado no Diário Oficial da União desta terça-feira (19).

Desde que a ANP acabou com a obrigatoriedade da autorização de comercialização no começo deste ano, este passou a ser a penúltima etapa na rota burocrática para colocar novas usinas para funcionar.

A única coisa que ainda está faltando para que a usina de Sorriso possa começar a vender biodiesel é o Registro Especial de Produtor de Biodiesel da Receita Federal.

L57

Mesmo sem a documentação completa, a Caramuru chegou a pré-habilitar a usina de Sorriso para participar do 57º Leilão de Biodiesel.

Contudo, como o prazo para a apresentação de documentação complementar por unidades produtivas com pendências em suas habilitações se encerrou ontem (18) a planta não poderá mais regularizar sua situação.

O último raio de esperança para a Caramuru seria se a Receita publicasse o registro da planta até essa próxima quinta-feira (21). Isso permitiria que a empresa tentasse entrar com um recurso junto à ANP solicitando a revisão da inabilitação de Sorriso. Mas as chances do recurso desse tipo ter êxito não são altas.

Planta

A usina de Sorriso será a terceira unidade produtora de biodiesel da Caramuru que já controla as usinas em Ipameri e São Simão – ambas em Goiás. A unidade acrescentará 102,6 milhões de litros em capacidade instalada elevando o potencial de oferta do grupo para 552,6 milhões de litros anuais.

A construção da planta foi autorizada pela ANP no final do ano passado.

A ampliação das capacidade de produção de biodiesel do Brasil para o ano que vem e a relação entre a oferta é a demanda são um dos assuntos tratados na Conferência BiodieselBR. Veja aqui a programação.

Fábio Rodrigues – BiodieselBR.com

Biodiesel direto em seu email

Antes de sair, cadastre-se para receber as principais notícias do setor
Obrigado, não quero ficar informado.