[Áudio] Mais uma semana de desvalorizações nos preços do sebo bovino

Graças à baixa demanda pela gordura animal, os preços do insumo vêm mantendo o viés de queda. Os primeiros sinais de contração surgiram ainda na segunda semana do ano e vêm mantendo a trajetória desde então.

Segundo levantamento da Scot Consultoria, no Brasil Central o quilo do sebo está cotado em R$2,20 desde a última quinta-feira (09). Na semana, a queda foi de 4,3%. Já na comparação com o início do ano o recuo foi de 15,4%.

No mercado do Rio Grande do Sul o cenário também é de baixa. Na região o produto está cotado em R$2,30. Frente à semana anterior o preço caiu 4,2%.

Para curto e médio prazos, a expectativa é de que a demanda curta mantenha a pressão de queda sobre os preços do produto. Especialmente num momento em que o mercado de óleo de soja está abastecido em função do avanço da colheita da safra 2016/17.

Sebo e óleo de soja competem pela demanda da indústria de biodiesel.

Ouça aqui o áudio:


Com adaptação BiodieselBR.com

Biodiesel direto em seu email

Antes de sair, cadastre-se para receber as principais notícias do setor
Obrigado, não quero ficar informado.