Semana encerra com alta no preço do sebo bovino

A demanda firme por sebo bovino vem mantendo o mercado aquecido e exercendo pressão de alta sobre o insumo. Com a oferta limitada do produto os preços se valorizaram na última semana entre 28 de agosto e 01 de setembro.

Segundo levantamento da Scot Consultoria, tanto no Brasil Central como no Rio Grande do Sul, o quilo do sebo está cotado, em média, a R$2,15 – preço sem imposto. Houve alta de 2,4% frente ao fechamento da semana anterior, em ambas as regiões.

Desde que os preços do sebo voltaram a ganhar sustentação a partir do começo de julho, o produto já se valorizou cerca de 13,1% no Brasil Central e 4,9% no Rio Grande do Sul.

A tendência é de que a boa demanda mantenha a pressão de alta sobre os preços do sebo no mercado brasileiro.

Com adaptação BiodieselBR.com

Biodiesel direto em seu email

Antes de sair, cadastre-se para receber as principais notícias do setor
Obrigado, não quero ficar informado.