Setor ganha consultoria especializada em biodiesel

A indústria brasileira de biodiesel vai ganhar um reforço bem-vindo em sua busca permanente para agregar mais inteligência e eficiência em seu mercado: a primeira consultoria especializada em biodiesel acaba de abrir as portas. O lançamento do novo negócio aconteceu na última semana de setembro.

Batizada de Vedana & Goulart Consultoria, o empreendimento empresta os nomes de Miguel Angelo Vedana e de Daniel Franco Goulart dois dos mais profundos conhecedores dos meandros de um segmento ainda jovem da economia brasileira, mas que soma resultados vistosos – faturamento maior que R$ 10 bilhões no ano passado – com excelentes perspectivas de crescimento.

Conhecimento interno

Como diretor de redação de BiodieselBR.com e idealizador da plataforma BiodieselDATA, Miguel Angelo Vedana pôde acompanhar, a partir de um ponto de vista privilegiado, toda a evolução do segmento desde seu nascimento com o lançamento do Programa Nacional de Produção e Uso do Biodiesel (PNPB) no final de 2004 até hoje quando a indústria vai se preparando para entrar numa nova etapa graças ao lançamento do RenovaBio.

Esse corpo a corpo diário com os atores que fazem parte do setor de biodiesel e os desafios que estes enfrentam permitiu a Miguel consolidar uma base de conhecimentos difícil de ser igualada. “Não quero soar como se eu estivesse falando apenas do sócio, mas o Miguel é uma referência. BiodieselBR é uma marca muito forte e que tem uma capilaridade e credibilidade enormes dentro do mercado de biodiesel graças aos serviços prestados e ao banco de dados especializados que acumula”, elogia Daniel Goulart.

Já a segunda metade da parceria conhece o outro lado da indústria de biodiesel.

O administrador de empresas Daniel Franco Goulart passou os últimos oito anos de sua vida trabalhando no negócio de biodiesel de grandes empresas, incluindo as gigantes ADM e Cofco. Atuou em posições que o permitiram acompanhar cada etapa da atividade – desde a construção de uma planta de biodiesel a partir do zero até o gerenciamento do dia a dia da operação. “O Daniel conhece cada aspecto do negócio ‘biodiesel’ da porta para dentro: rendimentos industriais, precificação, margens. Tudo o que se refere à gestão estratégica e operacional de uma usina”, pondera Miguel Angelo.

Essa parceria torna a atuação do Vedana & Goulart diferenciada. “Tem consultores que nunca trabalharam diretamente nos ramos de seus clientes. A ideia de termos uma consultoria específica é que conhecemos o negócio em detalhe”, explica Daniel.

Projeto

A percepção de que havia espaço para a atuação de uma consultoria especializada ocorreu primeiro a Daniel. “Trabalhando em uma usina e conversando com competidores você começa a perceber que há desafios comuns em termos de aumento da eficiência”, diz acrescentando muitas empresas poderiam se beneficiar – e bastante – com uma visão externa sobre suas estratégias para controles de custos, compras de insumos e de matérias-primas.

“Quando sai do mercado [em 2016], vi que muitos conceitos que eu aplicava tinham um sentido econômico maior e poderiam ser adaptados para outras empresas”, explica Daniel. Daí foi uma questão de encontrar o parceiro certo.

“Conhecer e conversar com os responsáveis por comandar o setor de biodiesel de cada empresa, faz parte do meu dia a dia. Conheci o Daniel quando ele estava na ADM, trabalhando sob a chefia do Gustavo Vazquez. Ao longo dos anos nos reunimos várias vezes e pude perceber que ele era um profissional diferenciado”, explica Miguel Angelo Vedana. “Sempre avaliamos lançar uma consultoria, mas faltava uma pessoa que agregasse um certo tipo de conhecimento. E o Daniel tem tudo o que precisávamos” complementa Miguel Angelo. As conversas sobre o novo negócio já existem há mais de um ano, mas foi só em agosto que decidiram formalizar o negócio.

Frentes

A ideia é atuar de três principais frentes de trabalho. A primeira dela são empresas que tenham interesse em participar do mercado de biodiesel – seja como fabricantes ou como fornecedores de insumos e/ou serviços – e precisem ter uma ideia mais clara a respeito do funcionamento setor. “A gente pode dar essa informação de forma detalhada e profunda para que os tomadores de decisão possam ter segurança para entrar no mercado”, detalha Daniel.

A segunda delas é auxiliar empresa que já decidiram produzir biodiesel e precisam iniciar suas atividades. “Podemos fazer tudo o que é preciso para tirar a fábrica do chão, obter as licenças e autorizações, escolher equipamentos, implementar processos, e vários outros detalhes que só sabe quem já passou por um processo como esse” explica Daniel.

Além disso, a consultoria também pretende trabalhar com os players já estabelecidos dentro do mercado – especialmente as próprias usinas de biodiesel. “Para estes, nossa atuação terá foco na melhoria da gestão. Vamos fazer um diagnóstico de pontos críticos passiveis de melhoria de forma a permitir um aumento das margens e melhoria das vendas nos leilões”, prossegue o administrador.

“A Vedana & Goulart vai ser uma soma entre a visão panorâmica do mercado que tenho e do olhar preciso e aprofundado que o Daniel tem. Acho que a superposição dessas duas experiências vai permitir com que façamos um trabalho com um alto nível de qualidade que o mercado de biodiesel ainda não viu“, finaliza Miguel Angelo.

Saiba mais sobre a consultoria no site da empresa www.vedanagoulart.com.br

Fábio Rodrigues - BiodieselBR.com

Biodiesel direto em seu email

Antes de sair, cadastre-se para receber as principais notícias do setor
Obrigado, não quero ficar informado.