BiodieselBR.com

Qua23072014

    Lembrar | Esqueceu a senha? Não é assinante? Assine já!
Back Notícias Usinas Produção e consumo Estados e regiões: oferta e demanda de biodiesel

Estados e regiões: oferta e demanda de biodiesel

Todo mundo está cansado de saber que a capacidade instalada da indústria de biodiesel supera em muito a demanda brasileira pelo biocombustível – a oferta é exatamente 236% superior à demanda total. Mas desde que os leilões de biodiesel da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) passaram a ser disputados de forma regionalizada em agosto passado, a relação de oferta e demanda ficou mais complexa.

Com exceção da região Norte – que tem uma demanda de 259,5 milhões de litros por ano para uma capacidade de produção de 205,2 milhões – todas as demais regiões brasileiras poderiam ser autossuficientes na produção de biodiesel.

Dos 27 Estados da federação, 14 possuem usinas de biodiesel instaladas. Destes, 11 são autossuficientes, com capacidade para produzir mais biodiesel do que consomem, e três precisam importar parte do biocombustível que precisam. Outros 13 estados não fabricam uma gota.

A pior relação entre oferta e demanda está na região Centro-Oeste. São 2,4 bilhões de litros de biodiesel em capacidade instalada para um consumo de 303 milhões de litros – isso significa uma oferta extra de 790,3%. O motivo é a região contar com os dois Estados brasileiros que possuem a pior relação entre oferta e demanda. A capacidade produtiva do Mato Grosso é de 1,18 bilhão de litros e supera a demanda estadual em quase 1.100%. Goiás tem uma relação de 928% com sua capacidade produtiva de 1,08 bilhão de litros.

Embora seja o campeão da capacidade instalada – 1,45 bilhão de litros –, o Rio Grande do Sul tem uma demanda relativamente elevada de 160,8 milhões de litros (a quarta demanda estadual do País), o que coloca a relação entre oferta e demanda na faixa dos 903,4%. Essa é terceira pior relação.

Do lado da demanda de biodiesel, a maior do Brasil é a do Estado de São Paulo que consumiu 594 milhões de litros no ano passado. O Estado, contudo, tem capacidade instalada bem superior à necessária com 959,3 milhões de litros por ano.

Clique na imagem para ampliar:





Fábio Rodrigues - BiodieselBR.com

Adicionar comentário


Tudo sobre biodiesel