BiodieselBR.com

Qui31072014

    Lembrar | Esqueceu a senha? Não é assinante? Assine já!
Back Notícias Biodiesel Sada, de MG, investe em bioenergia

Sada, de MG, investe em bioenergia

Maior transportador de veículos da América Latina, o grupo mineiro Sada vai estrear neste ano na produção de biocombustíveis. A subsidiária Sada Bioenergia, instalada numa área de 16 mil hectares no município de Jaíba, no norte de Minas Gerais, começará a processar cana-de-açúcar para a produção de álcool e pinhão-manso para a fabricação de biodiesel.

Até 2010, o grupo controlado pelo empresário Vittorio Medioli, que também edita o jornal "O Tempo", investirá R$ 120 milhões na construção de uma planta industrial conjugada de álcool e biodiesel e na implantação de 11 mil hectares de cana e de 5 mil de pinhão-manso - um arbusto perene de frutos oleaginosos, parente da mamona. A destilaria, que começa a funcionar em agosto, terá capacidade para processar 1,5 milhão de toneladas de cana irrigada por ano e produzirá 130 milhões de litros de álcool na primeira etapa.

A usina de biodiesel, capaz de moer 240 mil toneladas de pinhão por ano, fabricará 85 mil toneladas de biodiesel a partir do processo etílico - 14 milhões de litros de etanol serão usados na produção de um biodiesel 100% vegetal, sem a utilização de produtos minerais no processo. Na segunda etapa, prevista para 2012, a usina de álcool passará a moer 2,5 milhões de toneladas de cana, produzindo 220 milhões de litros de álcool. No biodiesel, será possível elevar a produção a 1,1 milhão de toneladas a partir de 3 milhões de pinhão.

Operador de uma frota de dois mil caminhões, o grupo Sada usará os combustíveis para atingir a auto-suficiência no abastecimento de seus veículos. Para isso, construirá dois pontos de apoio para alimentar sua frota em Juazeiro (BA) e Itaubim (MG). A produção será transportada em comboios-tanque movidos a biodiesel pelo rio São Francisco até as duas cidades. No Jaíba, um duto de 13 km ligará a usina até o rio. "Nosso objetivo é a auto-suficiência. Mas como somos uma empresa de logística, pensamos na distribuição da produção", explica Vittorio Medioli, que exerceu quatro mandatos de deputado federal.

O excedente de álcool pode servir para a criação de uma distribuidora própria de combustíveis focada em mercados próximos do norte de Minas e do Nordeste do país, informa o empresário. A partir de 2009, a Sada Bioenergia produzirá, ainda, 15 megawatts do bagaço da cana que serão vendidos à Cemig, o que levará a cidade e o projeto Jaíba à auto-suficiência de energia. "O Jaíba precisava de sangue novo", avalia Medioli.

Parte das áreas cultivadas pelo grupo, que faturou R$ 1,5 bilhão em 2006, está localizada dentro do Projeto Jaíba, o mais antigo empreendimento de irrigação do país, implantado pelo regime militar a partir de 1977 e administrado pela Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco (Codevasf). Na área, já estão plantados 2,5 mil hectares de cana irrigada por 43 pivôs centrais. A produtividade média dos canaviais chega a 120 toneladas por hectare, índice bem superior aos 85 ton/ha do Centro-Sul. Em 2008, serão 5 mil hectares.

Para abastecer a usina de biodiesel, já foram plantados 1 mil hectares de pinhão-manso. No próximo ano, a área somará 4 mil hectares. Até 2010, serão incorporados outros 15 mil hectares em parceria com os pequenos produtores dos arredores do Projeto Jaíba. A Sada Bioenergia tem hoje 600 funcionários. No fim da primeira etapa, serão 2,4 mil. Além disso, três mil famílias estarão incluídas no processo de cultivo do pinhão. "Começamos a experiência com mamona em 2001, mas vimos ao longo do tempo que o pinhão era uma alternativa melhor para as famílias da região por suas características menos agressivas à saúde humana", diz Medioli. "Nossos parceiros não terão apenas pinhão. Eles vão usar em consórcio com milho, batata, abóbora, feijão e frutas". Medioli estima que, ao final da implantação da unidade, a empresa terá expandido as parcerias a cerca de 30 mil famílias da região.

O repórter viajou a convite da Codevasf

Mauro Zanatta

Comentários  

+5 nilson
09 Fevereiro 2007 - 16:05 pm

quero parabenizar todos que estão envolvidos pela chegada desta empresa na região nossa, agora posso sonhar em voltar para casa, pondendo arrumar um emprego na minha região.
1
+3 Rafael Meira Arruda
12 Fevereiro 2007 - 07:04 am

Grande passo para o desenvolvimento dá regiao.
O que garante tambem emprego para os jovens universitários, que estarão no mercado daqui a algum tempo, mas que já se preucupam com assuntos relacionados ao futuro e as fontes de energia.

Rafael Meira
Academico do curso de Engenharia de Controle e Automação
FACIT - Faculdades de Ciênncia e Tecnologia De Montes Claros
2
0 lLírida
12 Fevereiro 2007 - 11:11 am

O brasil é aquele que mais sabe fazer carnaval na face da terra,levar a música à rua,transformando-a em clemento essencial à vida - como o ar,o sol e água.Agora temos que mostrar ao mundo nosso potêncial para protegê-lo dos efeitos nocivos.
3
-2 mi
12 Fevereiro 2007 - 20:26 pm

por que foi escolhido plantar pinhão manso ao invés de mamonas? Parabéns pela usina e o projeto que vai gerar muitos empregos
4
+2 N.Valente
12 Fevereiro 2007 - 21:22 pm

Esta Usina será modelo para investirmos em todo norte, nordeste, Jequitinhonha, Mucuri e central, nos produtores, plantadores de pinhão manso, contribuindo para essas regiões emprego, renda, melhoria de receita e o desenvolvimento da agricultura familiar.
5
-2 warley geraldo pereira
13 Fevereiro 2007 - 11:26 am

A expansão do biodiesel é inevitavel, e se a causa for bem abraçada os frutos serão muitos, desde que sejam bem direcionados, ou seja bem dividos.Este é um projeto ambicioso, mas tem tdo para dar certo. WARLEY GERALDO PEREIRA, Academico de agronomia da Fead-minas.
6
-1 Ernani Pedretti
13 Fevereiro 2007 - 12:08 pm

Estou envolvido num projeto p/o Vale do Jequitinhonha através da ONG-denominada "Vale da Cidadania"a qual visa dar cidadania ao já sofrido povo do vale, é louvavel o empreendimento do Sr.Medioli e seu grupo, mas já começa a despontar os grandes empresários, que ao invez de fazer com que o pequeno agricultor plante para vir na esteira dessa nova realidade que é o biodiesel, seja mero coadjuvante dos grandes empresários.É a luta do leão contra o cabrito.
7
-3 waldemar lucas
20 Fevereiro 2007 - 11:18 am

Corretíssimo o sr.Ernani Pedretti.

Parabens!
8
-1 ALAN LUCIO GONÇALVES
07 Março 2007 - 20:10 pm

Chegou a hora de colher.O maior perímetro irrigado da América latina o Jaíba,está tendo a oportunidade de deixar de ser ocioso,falta muito mas é o começo.Tenho certeza que com a entrada dos grandes produtores,os pequenos certamente colherão frutos,principalmente os agricultores familiares,atráves de parcerias.E nós acadêmicos estamos ai para trabalhar muito em prol da sociedade.

ALAN GONÇALVES(GRADUANDO DE ENGENHARIA AGRONÔMICA,FEAD-MG)
9
-2 MARCELO SEVERINO DE MORAIS
07 Junho 2007 - 11:24 am

Sou técnico de uma destilaria (DASA), e sei que o setor gera varios empregos direto e indireto,
e que o poder aquisitivo do seu povo tende a creser com esta otima notícia para esta região.
Estamos aqui no que podermos ajudar para o seu crecimento.

MARCELO S. MORAIS - TÉCNICO EM AGROPÉCUARIA(assistencia tecnica a fornecedores de cana)
10
-2 Altair Pereira Barbosa
09 Agosto 2007 - 09:59 am

É o início de um novo tempo... a era biodiesel.... que se traduz em desenvolvimento para a nossa região.
P A R A B É N S !!!!
11
-2 Altair Pereira Barbosa
09 Agosto 2007 - 10:05 am

Muito bom mesmo !!!
Precisávamos desse impulso para o desenvolvimento.

Altair Pereira Barbosa - Economista e Contabilista - Pós graduado em Auditoria
12
-2 claudio antonio b fonseca
14 Agosto 2007 - 18:14 pm

cada passo e importante para o crescimento de nossa região ,podemos consiliar esta energia barata com uma demanda visivel de um trem mais velos que ligara jaiba a bocaiuva incetivado pelo bandes onde podera transporta todos produtos produzidos no vale do são francisco atingindo um custo menor de trasporte e um ganho real no produto,difundindo um valor socioeconomico a toda região e contribuindo com a locomoção dos universitarios.
claudio abf tecnico em eletrica e instrumentação petrobras
13
-3 IZAIAS FERREIRABH
22 Agosto 2007 - 14:18 pm

venho parabenizar a sada e tambem o governo de minas pois a regiao norte estava precisando de uma grande industria ,melhor ainda em jaiba no qual vai gerar muitos empregos
quem sabe agora eu realize meu sonho de voltar pra casa e ficar perto de minha familia
na esperança de estar em um bom emprego"sada energeticos"um abraço a todos ate breve.
14
+1 ROny E. O
02 Setembro 2007 - 11:40 am

é inegavel que uma grande empresa no norte de minas vai gewrar empregos e renda.. mas nao podemos apenas enxergar os beneficios que a empresa trará pis muitas vezes o desenvolvimento das mesmas é em detrimento dos pequenos. é bom lembrar que o projeto Jaíba deveria atender principalmente os pequenos produtores, mas o que pode ser visto é que esses nao encontram oportunidades e nem poiticas sociais que atendam os seus interesses.
15
-2 LUIZ DE MELO
12 Setembro 2007 - 18:28 pm

Somos gratos por uma empresa tão renomada como a SADA instalar-se e proporcionar desenvolvimento com tecnologia de ponta na nossa região, semi-árido sofrido. Com o conhecimento que já temos na área só é desenvolver estratégias para o Norte de Minas superar as dificuldades tecnológicas e aproveitar essa oportunidade histórica oferecida pela produçao de álcool e de bioenergia e mostrar para o setor nacional e internacional de biocombustiveis que temos potenciais. Um abraço a todos. Agente se ver pelo campo.

LUIZ DE MELO (GRADUANDO DE AGRONOMIA, UNIONTES-MG)
16
0 Kamilla Alessndra de Paula Souza
15 Outubro 2007 - 10:02 am

Trata-se de uma iniciativa gloriosa, uma vez que o setor irá gerar vários empregos direto e indiretos. Particularmente tenho grande interesse no setor, sou formada em química e atualmente trabalho com cana-de-açúcar, especificamente com técnicas analíticas e controle de qualidade da materia prima. Quem sabe seja essa a grande oportunidade de engressar no mercado de trabalho.

Parabéns ao grupo SADA
17
+9 cassio herbert teixeira
17 Outubro 2007 - 09:14 am

Parabens ao senhor vitorio mediolli e ao grupo sada pelo emeprendedorismo seriedade e determinacao em suas realizacoes , um dia dia o senhor Vitorio escreveu q ha tempos nao ouvia falar de pessoas iluminadas as quais o mesmo daria o titulo de MAHATMA , DIGO COM SINCERA VERDADE O SENHOR E UM MAHATMA , por aliviar o sofrimento dos mais necessitados resgatanto a esperanca dos mesmos , pois c a criacao desta usina muitos oprimidos ressuscitaram seus sonhos , q DEUS possa ilumina-lo sempre.
18
-2 Fabiano N Jorge
28 Novembro 2007 - 07:29 am

Moro em jaiba, e acredito que com a implatação desse projeto, criarar beneficios para
o municipio jerando emprego e fortalecendo a renda de produtores que optarem por
essa nova atividade. ( 3° ano Técnico em Agropecuária)
19
+1 Saulo Rocha
29 Novembro 2007 - 05:56 am

Sou neto de Colonizador do projeto e acho super importante esse avanço do projeto é local que precisa crescer tem uma boa estrutura para o biodisel e parabenizar a empresa SADA por esse investimento.
Saulo Rodolfo Nogueira Rocha
Gestor Ambiental
20
0 Márcio P. Vale
07 Dezembro 2007 - 13:23 pm

O norte de minas também é propício para outra oleaginosa de grande potencial, a macaúba que em vários estudos realizados por centros de pesquisa é a única que pode aproximar da produtividade do dendê (mais de 4.000 kg/ha de óleo ano). Vale a pena o grupo considerar esta hipótese, principalmente em se tratando de pequenos produtores que podem plantá-la em consórcio com outras culturas, como feijão. A macaúba além do óleo da polpa e da amêndoa, produz uma torta de excelente qualidade para ração, com mais de 30% de proteína. O carvão do endocarpo serve para a siderurgia. A universidade Federal de Viçosa realiza trabalhos com esta palmácea e pode dar outras informações.
21
-1 Carlos Alves de Souza
07 Dezembro 2007 - 21:24 pm

Márcio P. Vale
Você tem razão sobre a macaúba, esta palmeira é a mais produtora de óleo conhecida até o momento, superior ao dendê no seu estado nativo.
Palmeira muito rústica encontrada praticamente em todo território brasileiro, suportando diversidade de clima e solo, com boa produção.
Não se tem nenhuma informação sobre o plantio comercial, mas no Paraguai encontra um viveiro experimental com oito mil mudas.
Carlos Alves de Souza
22
0 Telmo Heinen
08 Dezembro 2007 - 09:08 am

O Bush teria adquirido 100 (cento e poucos) mil ha no Chaco Paraguaio em nome das filhas dele, com a finalidade de cultivo de Macaúba.

Cerca de 250 mil acres... que é a medida americana de terras (4.048 m2)

O dendê, não obstante produza mais tem a desvantagem que seu bodiesel "coagula" em temperaturas baixas.

Att, telmo heinen @yahoo.com.br
23
-2 Laura Zuba
19 Dezembro 2007 - 09:07 am

Parabéns ao grupo SADA pela inovação, sucesso, e participação no desenvolvimento do país!
24
-1 Janaína Vargas
07 Janeiro 2008 - 07:15 am

Fico muito feliz em uma empresa da grande porte como a SADA, esteja ajudando a trazer o desenvolvimento para o norte de Minas. Além de tudo preocupados com a preservação do meio ambiente.
Parabens!

Janaína Vargas (Engenheira Ambiental)
25
-1 rafael pacheco
03 Março 2008 - 15:58 pm

o mundo gira e ajaiba roda !isto e muito bom para os jaibense em si precisamos de inovaçoes !!!!!!! sou filho de jaiba e espero que uma nova historia seja construinda em prou projeto jaiba!!!!!!!!!!!!
26
-1 Raquel Alves
26 Março 2008 - 12:08 pm

A regiao norte de minas carecia de investimentos dessa natureza em favor de, alem de trazer inovacoes, valorizando o potencial da nossa regiao, faz com que as pessoas tenham a oportunidade de trabalho e conhecimento.
Os meus sinceros votos de sucesso a este empreeendimento, na certeza de que os norte mineiros crescam e aflorem o grande potencial que detem.

Raquel Alves - Pedagoga Empresarial
27
+1 renato ponzio
08 Abril 2008 - 10:59 am

a escolha do pinhão manso se deve as suas propriedades ímpares, como a facilima adaptação à qualquer tipo de solo, até em lixões pode ser plantado, possui um alto rendimento de kilos de semente por hectare, algo em torno de 4.200 quilos.( Só perde para o dendê em rendimento, logo muito melhor que a mamona) . Muito pouco se fala do pinhão manso no Brasil...na India é a planta que está mais sendo usada pelos produtores para fim de se obter o biodiesel. Se quiserem mais informações este site explica: www.pinhaomanso.com.br

E parabéns para a Sada por investir esta idéia la em Jaíba.
28
0 Gilson Nogueira
06 Maio 2008 - 20:34 pm

Parabéns a todos vcs que estam trazendo ao norte de minas esse tão perfeito investimento no projeto jaíba, pois a esperança dessa gente norte mineira se une à expectativa do nosso sucesso. Que Deus ilumne a todos vcs.......
29
-1 ginaldo nogueira da cruz
04 Junho 2008 - 11:49 am

parabens pelo grande porjeto!!!
dando muito emprego a populacao de jaiba!!
a de mas.
30
-1 SIMONE BALLIN
19 Junho 2008 - 11:37 am

A chegada da empresa Sada Bio Energia foi sem dúvida muito boa além de gerar energia a todos nós vai dar emprego a muitas pessoas carentes sem falar nos jovens que precisavam sair pra fora depois de formado agora tem emprego perto de suas casas...
PARABÉNS A SADA BIO ENERGIA E FUNCIÓNARIOS...EM ESPECIAL A VITÓRIO MENDIOLLE POR IDÉIA ESTUPENDA!!
BEIJOS E ABRAÇOS.!
31
+1 marcio pereira da silva parabenssssssss
03 Julho 2008 - 08:05 am

o brasil e os brasileiros precisa do talento do sr mediole e sua equipe . portanto gostaria muito se os mesmos comprace a empresa minasfer e as encaminhe ate a bovespa ai sim, eu e muitos ficariam felizes
32
-1 Guilherme Durães Filho
05 Agosto 2008 - 15:12 pm

Realmente uma vitoria,não so para a região mas para todos os que irão trabalhar na empresa.Gloria á Deus por isso....Guilherme !!! Tecnico em eletrônica e Informatica em Monte Azul Minas
33
-1 alex vieira neves
12 Setembro 2008 - 08:36 am

Acredito que o Bio Diesel trara um grande beneficio para nós brasileiros em especial o povo Norte Mineiro.
34
-1 Felipe M. Gallo
12 Setembro 2008 - 15:23 pm

Vamos esquecer o tal de biobobo e produzir apenas óleo vegetal é mais barato e menos complicado.
Governo deveria incentivar a produção de motores a óleo vegetal para tratores da agricultura familiar.
35
-1 Éber Simpliciano
08 Outubro 2008 - 09:37 am

Eu, como um cidadão de Jaíba, tenho agradecer ao grupo Sada
por todo investimento feito em nossa cidade, que veio em boa hora e agregou muito valor a cidade.
Parabéns!! Sucesso ..
Que Deus ilumine todos vocês.
36
+5 Alexandre Pereira Silva
08 Janeiro 2009 - 09:27 am

È um absurdo a SADA comprar a MINASFER debaixo dos panos.... Sucatear seu patrimonio e lesar os pequenos investidores. A Minasfer era uma empresa de ponta com potencial para virar lider se não fossem as estripulias faraônicas do Sr Leonardo Augusto Ferreira. Agora com um estadista como o Dr. Mediolli, que não quer assumir os custos sociais da aquisição da Minasfer, preferindo sucateá-la e incorprando aos poucos para não ter que pagar os pequenos investidores. Já entramos com ações preventivas mas ineficazes contra um grupo como o SADA. Riqueza as custas de pobre é pobreza de espirito, migalhas que só trazem retrocesso cármico.
É o Brasil dos espertalhões.l
37
-4 adriana oliveira santos
10 Março 2009 - 12:45 pm

com a divulgaçao de que o biodisel ia chegar á montes charos ja foi 1 voto de esperança para muitos trabalhadores esperanssosos, para com o emprego tao almejado parece que as pessoas ficaram mais confiantes, para alguns ja ouve o beneficio do trabalho mas para outros ainda nao e por mais que essa crise seje ruim pior seria se niguem estivesse trabalhando!!!a sada é uma empresa que de uma forma ou de outra ajuda no crescimento das cidades em que a localizaçao seje proxima, sou estudante e ainda nao estou trabalhando e biodisel nao é minha area mas confio que para muitos sera um engajamento para o futuro ser bem melhor!!
38
+3 marcio
01 Abril 2009 - 18:05 pm

encuanto isso a sada esta fabricando tentro da minasfer e a minasfer nao resolve o problema de seus acionista ,e ja esta suspensa na comissao de valores cvm .mas a cvm tambem nao esta fazendo com que a minasfer resolva oque prometeu em prospecto levar a empresa em bolsa bovespa , como acionista fica aqui minha indignaçao contra o sr mediole e a cvm.
39
+5 marcio pereira da silva
20 Abril 2009 - 17:01 pm

um dia uma senhora bem aparentada bateu em minha porta ,e vendeu varias e varias açoes de uma empresa chamada minaço anos e anos passei a ouvir varias promessas que tal minaço ia entar em bolsa de valor bovespa em 1999 depois 2000 ,2001 2002 e estamos indo para 2010 ,mas a informaçao que tive da cvm e que eles so tem autonomia para vender açoes no mercado de balcao ,ora essa que total desenformaçao desces controladores da cvm ´´pois ate onde sei e claro a lei do prospecto onde deve ser cumplrido o que a minaço que hoje e minasfer e que esta em prospecto que eu tenho onde esta escrito vamos negociar na bovespa , mas nao da pra saber porque hoje no mesmo endereço estao todos os funcionarios da sada , o numero do telefone que eu tenho a dez anos hoje atende como sada e erta aumomotive elquem pode me ajudar a rever meu dinheiro..
40
0 LUCIANO BORGES PEREIRA
19 Maio 2009 - 08:59 am

O grupo Sada mais uma vez inovando e trazendo crescimento para Minas Gerais, gerando mais empregos ,desenvolvimento e buscando novas fontes de energia, visando preservar o meio ambiente e consequentemente o bem estar de todos os seres.

Luciano B. Pereira
Pós-Graduando em Pericia e Auditoria Ambiental
41
0 vadson jacinto da silva
02 Agosto 2009 - 09:44 am

De grande importancia se faz um investimento como este do grupo SADA para nossa região.Gerando empregos em diversas áreas,como na rurícola,na administrativa,e tecnológica,podendo também treinar funcionários para atuar em áreas especificas.Pretendo com experiencia no processo de extração e de fabricaçaõ do álcool adquirida em vários anos no grupo Pedra Agroindustrial s/a (SP), e com a graduação no curso superior de tecnologia em produção sucroaalcoleira (UNIVERSIDADE DE FRANCA),poder ter o privilégio de trabalhar futuramente em minha região natal. eu que sou natural de Porteirinha MG,cidade próxima á Jaiba.E mostrar que nossa região tem grande potencial no setor, produzir etanol de qualidade com sustentabiliadade,e responsabilidade social e ambiental...
42
0 Orlando de Souza Carneiro Junior
20 Setembro 2009 - 10:16 am

Acho que todo empreendimento deste porte merece aplausos, na atual conjuntura sócio econômica deste país o senhor Medioli se destaca como o visionário Rondon, que vê e acredita em uma terra árida, condições para produzir ecologicamente correto e ganhar com isso. Parabens!
Isso me deixa orgulhoso e esperançoso de que agora poderemos progredir em nossa região.
Como faço para trabalhar com vocês???
43
+1 ELIADY RAMOS DURÃES
02 Outubro 2009 - 17:23 pm

O sucesso da empresa está visível. Muitos empregos foram gerados, e a fama do Projeto Jaiba cresceu.
mas e o meio ambiente? será que está tendo o cuidado necessário?
Deve haver desenvolvimento sim, mas sem nunca esquecer do meio onde onde vivemos.
44
+3 marcio pereira
28 Novembro 2009 - 08:21 am

ninguem consegue esplicar nem mesmo a cvm ,pois nos mesmos lugares onde funcionava a minasfer em varzea da palma hoje funciona a sadasiderurgia ate mesmo os numeros de telefone sao os mesmo la e aqui em belo horizonte na av amazonas . ora essa quero saber como vao ficar minhas açoesw . alguem ai pode me enformar alguma noticia que seja boa ou ruim
45
+2 Maurício Lopes
04 Fevereiro 2010 - 15:18 pm

O projeto Jaíba estava mesmo precisando de empresas âncoras e a SADA irá exercer esta função. A idéia de produzir biodiesel através de oleaginosas resistentes à seca é excelente, considerando os agravos edafoclimáticos que castigam a região. Além do mais poderá contratar mão de obra qualificada e próxima do projeto dos recém egressos dos cursos de Agronomia e Técnico em Agropecuária do IFNMG - Campus Januária.
46
-2 JOAQUIM PEREIRA DOS SANTOS NETO
03 Março 2010 - 18:48 pm

Fiquei muito feliz em saber desse avanço.
Gostaria de poder fazer parte desse avanço.Sou motorista carteira AD com experiência e gostaria de uma vaga,pois atualmente trabalho muito longe da minha família.Sou de Porteirinha,cidade próxima.Gostaria muito de uma chance.
47
0 THAUGELA MAYRA
22 Março 2010 - 18:58 pm

Moro na cidade de Jaiba e tbm trabalho na SADA, a empresa presta ótimos serviços, gerando muitos empregos, depois da chegada da usina, a cidade melhorou 50%. E é uma empresa ligada a qualidade social e ambiental do munícipio onde reside.
48
-2 Paulo Gonçalves
23 Março 2010 - 09:08 am

parabéns à SADA.. Mas por curiosidade: Quantos empregos diretos já ofereceu??? Só pra saber !
49
-1 OTAVIANO ALVES
26 Abril 2010 - 10:51 am

Apesar de não estar mais morando nesta cidade onde vivi mais de 7 anos tenho orgulho de ver o grande salto que a cidade deu com a chegade desta empresa que revolucionou não só Jaíba como tambem toda a região,fico muiito feliz em ver tudo isso acontecendo,isso é um orgulho para mim e todos que conseguem ver pelo mesmo ponto de vista que eu, seria um afronto fazer criticas negativas a uma empresa que contribui tanto para o desenvolvimento de uma regiao carente com ja foi esta e ainda seguindo as normas ambientais, respeitando os principios culturais e governamentais.

Quero muito fazer parte desse grupo um dia!
50
+1 Marcio
04 Abril 2011 - 07:46 am

Marcio.

Conheço muita gente que sofreu este tipo de problema, incluiive eu.Quem sabe da para contratar um advogadopára cuidar do nosso caso e caso ganhe leve um "Fee' de todos os investidores.

abs
51
0 geiciel
11 Abril 2011 - 14:46 pm

A chegada do grupo sada aqui em jaiba (mg) trouxe emprego para 90% da populacao entao fico grato por isso ter acontecido se nao a populacao tava quase toda desempregado. eu sou um dos funcionarios dela e gosto muito do meu emprego.............fica aqui meus agradecimentos.
52
0 carla andreia
06 Janeiro 2012 - 12:49 pm

A Sada veio trazer novas oportunidades de emprego e espero que outras industrias possam se instalar em nossa regiao, quem sabe assim as pessoas possam ter uma condicao de vida melhor e os nossos jovens acreditar no futuro.
53
0 ERALDO LEMOS MOTTA
15 Julho 2014 - 16:06 pm

gostaria de parabenizer este grupo por trazer de volta muitos que daqui sairam em busta de trabalho....hoje me coloco a disposição para trabalhar no grupo sada ja que moro em cidade proxima e teria maior prazer em me mudar para jaiba.acabou minha participação no projeto de construção da mineradora de ouro de riacho dos machados e estou em busca de outro empreendimento, trabalho na area administrativa / contábil e operacional.
54

Adicionar comentário


Tudo sobre biodiesel